Lançamentos

Nova Honda PCX ganha a linha 2022 com mais cores e sobe de preço

Scooter mais vendida do Brasil, Honda PCX valoriza versões de topo na linha 2022, com novas cores e grafismos; preços sofrem reajuste e sobem

Diogo de Oliveira

26 de ago, 2021 · 5 minutos de leitura.

Honda PCX 2022" >
Honda lança linha 2022 do scooter PCX com novidades discretas
Crédito:Honda/Divulgação

O segmento de scooters é um dos que mais cresce em 2021 no mercado brasileiro, não só por questões de estilo e de facilidade de condução, mas também pela proposta mais urbana. A Honda tem dominado o segmento nos últimos anos com o scooter PCX, e apresenta a linha 2022 do modelo justamente para manter essa hegemonia.

Sem mudanças mecânicas e de design, a principal novidade da Honda PCX 2022 são as novas cores e grafismos que diferenciam as versões de topo. A gama tem quatro configurações: CBS, ABS, DLX ABS e Sport ABS. Estas duas últimas, portanto, apresentam novidades. A DLX passa a oferecer pintura metálica com grafismos em marrom e assento na cor bege. Já a PCX Sport tem pintura branca fosca com assento azul e detalhes em azul e preto.

Honda PCX 2022
Honda/Divulgação

Os preços acompanham o mercado, e apresentam alta em relação aos valores praticados neste mês de agosto. A Honda PCX começava em R$ 13.090 (CBS), passava a R$ 14.410 (ABS), e chegava a R$ 14.840 (DLX e Sport). Agora, parte de R$ 13.510, passa a R$ 14.990 e vai a R$ 15.390. Os modelos da linha 2022 chegam às lojas da marca japonesa a partir de setembro.



Mesma mecânica

Tecnicamente, não houve qualquer alteração no scooter mais vendido do País. A Honda PCX 2022 mantém as características atuais, com a versão de entrada equipada com freios combinados CBS, que traz discos na dianteira e tambores na traseira. O sistema atua na distribuição da força de frenagem, com 30% para a roda da frente, e 70% de força na traseira.

Honda PCX 2022
Honda/Divulgação

Já a opção ABS, como o próprio nome entrega, traz o conhecido sistema antitravamento de freios. Esta usa discos nas duas rodas. Por fim, os modelos DLX e Sport também trazem freio ABS de série. A mecânica é a mesma em toda a gama. Ou seja, a nova Honda PCX continua equipada com o motor monocilíndrico de 150 cc e até 13,2 cv de potência.

Este motor trabalha sempre em conjunto com um câmbio automático do tipo CVT. E traz o sistema Idling Stop, que funciona como o Start/Stop dos carros, e desliga o motor em paradas curtas, como em semáforos e em congestionamentos, para, então, poupar combustível. O motor de 150 cc gera, ainda, um torque de 1,38 mkgf a partir de 5.000 rpm.

Honda PCX 2022
Honda/Divulgação

Nova geração fica para depois

Até o anúncio da Honda, havia a expectativa de que o scooter pudesse ganhar a nova geração lançada em 2020 no Japão, com o motor de 160 cc. Um pouco mais forte, o novo propulsor entrega potência de 15,8 cv e torque máximo de 1,5 mkgf. Contudo, não há expectativa para a oferta do modelo no Brasil – pelo menos, não nesta linha 2022.

Além de renovar quadro, suspensão, freios e outras partes, a nova PXC 160 traz um controle de tração que impede que a roda traseira patine em acelerações mais fortes ou sobre pisos escorregadios. O modelo usa pneus mais largos e roda maior (de 13 polegadas) atrás. Assim, apresenta ciclística aprimorada, mas só deve chegar por aqui em 2023.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Continua depois do anúncio