José Antonio Leme

26.08.2020 | 17:00

Triumph Trident revive nome e confirma nova naked de entrada em 2021

Triumph Trident será uma naked de estilo retrô com foco no preço competitivo que chega no meio de 2021

triumph trident
TRIUMPH TRIDENT Crédito: TRIUMPH
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Triumph Trident. Para os mais “versados” na marca britânica, o nome não é uma novidade, já que ele foi utilizado pela empresa no início dos anos 1970. Agora ele retorna para dar vida a um novo modelo na gama da empresa que chega no fim do primeiro semestre de 2021.

Mostrada como um protótipo, a Triumph Trident foi desenvolvida pela equipe da marca na sede, em Hinckley, na Inglaterra. Porém, ela recebeu no design a ajuda do projetista italiano Rodolfo Frascoli. Ele é especializado em design de motocicletas e já trabalhou, entre outras marcas, com a Ducati, Aprilia e a Yamaha. Ele já foi o responsável pelo design da Tiger 900, que você pode ler a avaliação aqui.

O protótipo da Triumph Trident é resultado de quatro anos de de desenvolvimento e traz o aspecto da Trident original com detalhes e tecnologia modernos e atuais que remetem aos demais modelos da Triumph. Em termos de design é possível ver tudo sobre o futuro modelo, mesmo sem a divulgação oficial.



triumph trident
TRIUMPH

O estilo da Trident é das primeiras naked, ou seja, de uma moto realmente “pelada”. Sem peças plásticas presas ao tanque, sem molduras protuberantes escondendo o radiador do motor ou laterais que projetam a moto para ficar maior. O básico fica retratado também pelo farol de LED redondo sem carenagem e o painel no mesmo formato. Apesar de ser simples no formato, ele terá duas telas de TFT separadas para projetar as informações.

Steve Sargent, chefe de produto da Triumph, disse que a moto “marca o novo capítulo da Triumph, que é sobre diversão, do visual a pilotagem”. Ele completou: “O nosso alvo foi trazer estilo e personalidade, com fácil pilotagem – a um preço realmente competitivo”.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Corte de custos

A empresa não divulgou dados técnicos, mas as imagens também contam detalhes. Com a proposta de ser a naked de entrada da companhia, ela tem suspensão dianteira invertida, mas sem ajustes. Na traseira, apenas ajuste de pré-carga da mola.

A marca deve apostar em itens tecnológicos como a Unidade de Medição Inercial (IMU) para poder usar ABS com função curva. Por outro lado, apostou em discos duplos dianteiros com pinças não radiais da Nissin, o que barateia o projeto. Atrás, o disco simples tem apenas um pistão. Apesar disso, o chassi é completamente novo.

O motor será um três cilindros, característica da empresa. Os rumores dão conta que é uma versão atualizada do antigo 675 cm³ que saiu de linha na mudança de geração da Street Triple. Ele deixou de ser produzido ao fim de 2016 por questões de emissões e ruídos.

Ali entrou em linha o novo, o 765 cm³, mais potente e moderno, usado também na Moto2, categoria da MotoGP. Na época, o 675 cm³ rendia 106 cv e 6,9 mkgf. Entre as mudanças esperadas ao propulsor estão novos materiais nos cilindros e pistões e novos corpos de acelerador para atingir as regras de emissões.

triumph trident
TRIUMPH

Triumph Trident: futuras rivais e história

As rivais diretas da Triumph Trident serão a Honda CB 650R, que aposta em um design retrô moderno também; a Kawasaki Z650, a Yamaha MT-07. As três estão à venda no Brasil. Os preços são de R$ 39.416, R$ 30.990 e R$ 38.990, respectivamente. A Honda usa um quatro cilindros de 88,4 cv, a Kawasaki e a Yamaha apostam em bicilíndricos paralelos. A primeira rende 68 cv e a segunda entrega 74,8 cv. As três têm câmbio de seis velocidades.

Toda a inspiração veio da Trident original, da década de 1970. O projeto surgiu para tentar brigar com as japonesas, que na época invadiam a Europa e também os Estados Unidos. Ela chegou a ser vendida também como BSA Rocket 3. No início dos anos 90, foi revivida, já como parte da reestruturação do que veio a ser a Triumph atualmente. No segundo período usava motores três cilindros de 750 cm³ e 900 cm³.

triumph trident
TRIUMPH

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais