BYD
BYD/Divulgação

BYD Yuan Up chega às lojas da China com preço de Dolphin

SUV compacto da BYD é cotado para o Brasil, onde brigaria com modelos na faixa de Hyundai Creta e companhia; são três opções de acabamento

Por Vagner Aquino 31 de mar, 2024 · 4m de leitura.

O SUV de entrada da BYD foi lançado na China. No país asiático, o Yuan Up tem preço semelhante ao praticado pelo irmão hatch Dolphin. Os valores variam de 96.800 yuans a 119.800 yuans. Na conversão direta, ficam entre R$ 67 mil e R$ e R$ 83 mil. Com pré-vendas iniciadas na semana passada pela fabricante, em três versões distintas, o modelo está cotado para vir ao Brasil. Entretanto, por aqui, deve receber outro nome.

No Brasil, onde, inclusive, deve ter fabricação local, no complexo de Camaçari (Bahia) deve ficar entre o Dolphin (quase R$ 150 mil) e o Yuan Plus (R$ 230 mil). Desse modo, a expectativa é de que o novato custe por volta de R$ 180 mil no mercado nacional.

Visualmente, o Yuan Up traz elementos que lembram outros carros da marca, como o Yuan Plus e o crossover Song L. Na dianteira, tem para-choque bipartido, bem como faróis afilados e iluminados por LEDs. Nas laterais, destaque para a linha de cintura alta, para as maçanetas embutidas nas portas e para as rodas de 16″. Na parte de trás, o para-choque também é dividido em duas partes, a caída é reta e o estilo das lanternas lembra bastante o que é encontrado no Dolphin.


BYD Yuan Up
Estilo das lanternas lembra o irmão Dolphin (BYD/Divulgação)

Das portas para dentro, o SUV tem, como destaque, a mesma central multimídia com tela giratória e 12,8 polegadas presente nos demais modelos da BYD. Além disso, tem painel de instrumentos digital de 8,8″, bancos revestidos com couro sintético, teto panorâmico, head-up display e carregador de celular por indução.

BYD Yuan Up
Modelo se destaca pela tela central giratória de 12,8″ (BYD/Divulgação)

Tamanho de Creta

Em medidas, o SUV, a princípio, tem 4,31 metros de comprimento, 1,83 m de largura, 1,67 m de altura e 2,62 m de entre-eixos. Para comparação, o Hyundai Creta, que é um de seus adversários, tem 4,29 de comprimento e 2,59 m na distância entre os eixos.

Para se mover, o SUV compacto construído na arquitetura dedicada e-Platform 3.0, em síntese, oferece três opções. A primeira delas, tem motor elétrico de 95 cv e, com as baterias de 32 kWh cheias, garante autonomia de 300 km. Já nas versões mais caras, com baterias (Blade) maiores, de 45,1 kWh, e potência de 177 cv, o alcance vai para 400 km. O cálculo da autonomia vem do padrão chinês CLTC.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.