Range Rover elétrico chery
JLR/Divulgação

Carros elétricos da Jaguar Land Rover vão usar plataformas da Chery

Parceria de longa data entre o grupo JLR e a chinesa Chery vai render frutos na meta de eletrificação da empresa britânica até 2030

Por Thais Villaça 15 de jun, 2024 · 4m de leitura.

Como parte da meta de eletrificar toda sua linha até 2030, o grupo Jaguar Land Rover vai usar plataformas para carros elétricos e híbridos da Exeed, uma das marcas da Chery. Depois de especulações e negativas, o acordo foi fechado nesta semana. As duas empresas têm uma parceria no mercado chinês desde 2012 e uma fábrica inaugurada em 2014.

Serão duas arquiteturas compartilhadas, que atualmente servem como base para SUVs e sedãs da marca de luxo, por exemplo. Além do Chery Tiggo 9 – que deve estrear por aqui em 2025.

Plataforma Chery M3X
Chery/Divulgação

Plataformas da Chery usadas pela JLR

A primeira plataforma compartilhada entre as duas marcas será a M3X, dedicada a modelos a combustão e híbridos. Assim, é possível combinar motores a gasolina e elétricos em nove modos de operação, 11 combinações de transmissão, autonomia de mais de 1.000 km e uma eficiência térmica de 44,5%, de acordo com informações técnicas da montadora.

Já a segunda arquitetura E0X tem como fonte uma parceria entre a Chery e a Huawei. Ela engloba modelos dos segmentos A a C, além de diversos tipos de carroceria. Pode ser base de carros apenas elétricos ou os chamados veículos de autonomia estendida, que atendem pela sigla EREV (Extended Range Electric Vehicle). A arquitetura suporta sistemas de alta tensão de 400 volts e 800 volts, tecnologias semiautônomas avançadas e tem um consumo de energia de 12 kWh/100 km. 

Range Rover EV
Range Rover/Divulgação

Entretanto, o Range Rover elétrico, que estreia no fim de 2024, não usará as plataformas da Chery. Aliás, ainda não há previsão para que a montadora britânica comece a usar a arquitetura chinesa. O SUV de luxo, contudo, terá como base a Modular Longitudinal Architecture (MLA), a mesma das versões a combustão. Dados técnicos ainda são um mistério, mas a JLR prometeu que o modelo terá “performance de V8”. Até o momento, o único carro elétrico do grupo é o Jaguar I-Pace.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Como é acelerar o novo Ford Mustang GT Performance

Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.