Redação

21/10/2020 - 3 minutos de leitura.

Citroën C3 europeu é registrado no País, mas dará espaço a novo SUV subcompacto

Apesar de registrar a nova geração do hatch por aqui, modelo dará espaço ao sucessor indiano do Aircross

citroën
NOVO C3 EUROPEU QUE NÃO VIRÁ Crédito: INPI
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

A Citroën registrou recentemente o C3 europeu no Brasil. O modelo, apesar disso, não deve dar as caras pelo País. Isso porque ele deve abrir espaço de mercado para um SUV subcompacto, que vai brigar com o Nissan Magnite; leia mais sobre o modelo aqui.

O hatch teve imagens de patente registradas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). A montadora francesa registrou além de uma imagem em 3/4 de frente detalhes dos faróis, para-choque, grade superior, duplo chevron e a moldura do Airbump; que são aqueles detalhes na parte inferior das portas.



citroen
INPI

Duas coisas importantes tornam quase impossível a chegada do C3 europeu ao País. A primeira é que o mercado de hatches se tornou menor nos últimos anos, especialmente para a Citroën; o segundo é que ele ainda foi desenvolvido sobre a plataforma antiga, a PF1, que está sendo descontinuada no grupo.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Novo SUV subcompacto vem no lugar

Com a chegada da plataforma CMP ao Brasil, assim como chegou a Argentina com o Peugeot 208, a PSA já prepara introdução de novos produtos aqui. No caso, ele dará espaço para o projeto SC24, sucessor do Aircross, e que será lançado antes na Índia, com menos de 4 metros de comprimento.

Esse novo produto, assim como sua versão hatch, o projeto SC21, vão apostar em uma versão mais básica da plataforma CMP para reduzir custos e transformar os dois projetos em carros mais baratos. O investimento na planta de Porto Real (RJ) para garantir a introdução da CMP aqui foi de R$ 220 milhões e anunciado em junho.

Ao menos na Índia, o modelo vai apostar no motor três cilindros, 1.2 turbo – o mesmo que a PSA preteriu pra o Peugeot 208 no Brasil. A produção já está alinha para começar no ano que vem. Ele será produzido na mesma fábrica de CK Birla facility in Thiruvallur, Tamil Nadu, na qual será feito o C5 Aircross.

citroen
INPI

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


OFERTA EXCLUSIVA

Citroën C4 Cactus Live Auto