Notícias

Compacto elétrico da Volkswagen-JAC chega ao País em outubro, eis o E10X

Compacto feito pela Si Hao mede 3,65 metros e terá duas telas centrais, motor elétrico de 61 cv e deve custar menos que JAC iEV20

Redação

12 de mar, 2021 · 3 minutos de leitura.

Volkswagen-JAC Si Hao E10X" >
Volkswagen-JAC Si Hao E10X
Crédito:

No fim de novembro, o governo chinês aprovou o acordo que deu à Volkswagen 50% dos ativos da Jianghuai Automobile (JAC). E o primeiro fruto deve aparecer no Brasil já neste ano, mais precisamente, em outubro. Trata-se do E10X, um veículo compacto com propulsão elétrica que foi apresentado no fim do ano passado, no Salão do Automóvel de Guangzhou, na China.

Produzido pela Si Hao, sua base é do JAC iEV20 – que aproveitou o esqueleto do antigo J2 e virou elétrico, diga-se. O subcompacto, entretanto, mede apenas 3,65 metros de comprimento, mas tem quatro portas e leva até cinco ocupantes.

Volkswagen-JAC Si Hao E10X

Por dentro promete ser mais moderno que o primo – mérito do trabalho da VW-JAC. Há tela digital tanto no painel de instrumentos quanto na central multimídia. Soluções como carregamento de smartphone por indução estarão na lista de itens do E10X.

A JAC Motors do Brasil prefere não adiantar detalhes da novidade, mas é fato que o estreante conta com motor elétrico de 45 kW (equivalente a 61 cv de potência) e uma bateria livre de cobalto com 30 kWh de capacidade. O conjunto rende autonomia de até 300 km. Há uma versão com metade dessa capacidade, porém, certamente, não será a selecionada para aterrissar no Brasil, afinal, a infraestrutura escassa exige autonomia extra.

Volkswagen-JAC Si Hao E10X compacto

E os preços?

Ainda com estimativa de valores para o Brasil desconhecida, o modelo, no país de origem, pode ser encomendado por valores a partir de 39.900 yuan (moeda local). Na conversão direta, o montante supera um pouco os R$ 34 mil. Então,E10XNa versão mais cara, passa dos R$ 70 mil.

Volkswagen-JAC Si Hao E10X compacto
E10x é o novo compacto da VW-JAC que chega ao Brasil em outubro

Mas esse valor, evidentemente, deve ficar mais caro, afinal, a tributação brasileira não perdoa. Ainda assim, o E10X não deve encostar nos R$ 154,9 mil cobrados pelo JAC iEV20, que tem mais autonomia e potência – respectivamente, 400 km e 41 kWh.