Notícias

Fiat 500e virá ao Brasil na versão de topo Icon

Versão Icon foi registrada em março no Brasil e custa R$ 218 mil na conversão direta. Compacto urbano será o primeiro modelo elétrico da Fiat no Brasil

Emily Nery, para o Jornal do Carro

12 de abr, 2021 · 5 minutos de leitura.

Fiat 500e Icon" >
Fiat 500e Icon
Crédito:Fiat/Divulgação

Uma das novidades da Fiat para o Brasil é a vinda do emblemático 500e. O carro elétrico urbano foi homologado há pouco mais de um mês e até já foi flagrado no país. Dessa forma, será a versão de topo Icon escolhida para ser comercializada por aqui.

Embora o plano da Stellantis para o país envolva focar somente em veículos a combustão, o 500e faz parte da estratégia global de eletrificação do grupo. Assim, ele será o segundo modelo elétrico a ser comercializado em território nacional. O Peugeot 208 e-GT foi o primeiro a chegar por aqui (e inclusive, já testamos).

Até o momento, a única versão com registro no INPI é a Icon. Por sua vez, ela carrega motor elétrico dianteiro de 87 kW que gera até 118 cv de potência e 22,4 mkgf de torque. O conjunto é capaz de levar o compacto carro a acelerar de 0 a 100 km/h em 9 segundos. A velocidade máxima não ultrapassa os 150 km/h.

Fiat 500e
Divulgação/Fiat

Em concordância com o tamanho do carro, a pequena bateria que alimenta o conjunto tem 42 kWh. Isso é suficiente para fornecer uma autonomia de até 322 no padrão WLTP.

Para abastecê-lo, há duas maneiras. Na primeira, basta conectá-lo em uma fonte de energia de corrente alternada de 11kW. Assim, ele leva cerca de 4 horas e 15 minutos para atingir a carga completa. Já em um carregador rápido de corrente contínua, a carga fica 80% completa em cerca de 35 minutos.

Preço virá salgado

O compacto elétrico custa por volta de 32 mil euros, ou seja, cerca de R$ 218 mil sem impostos inclusos. O valor, que ainda inacessível para boa parte da população, é um pouco menor do que seus concorrentes elétricos Nissan Leaf (R$239.900) e Chevrolet Bolt (R$ 274 mil).

Além disso, o modelo virá focado em um nicho bastante específico. Pois seu tamanho também não condiz com o preço: são 3,63 metros de comprimento, 1,52 m de altura, 1,90 de largura e 2,32 m de entre-eixos. De capacidade, leva apenas 185 litros.

Fiat 500e Icon
Divulgação/Fiat

Por dentro, contudo, a lista pode animar. Têm ar-condicionado, central multimídia de carregador wireless, Uconnect NAV 10,25? com Apple CarPlay e Android Auto, Keyless Entry e Keyless Go e comando elétrico para vidros.

No mais, ele adota luzes diurnas em LEDs e assistência como alerta de mudança de faixa e piloto automático adaptativo com frenagem de emergência.

Flagra mostra versão de entrada

No começo do ano, o perfil @carroscamuflados compartilhou o flagra do 500e na versão de entrada Action rodando por Belo Horizonte, cidade próxima a sede da Fiat em Betim. A configuração Action estava quase sem disfarces e portava placas de homologação.

500
Reprodução Instagram/@carroscamuflados

Contudo, é improvável que essa variante venha ao Brasil em um primeiro momento. É comum que montadoras importem somente as versões de topo pelo custo-benefício. Por fim, o 500e deve chegar entre o final de 2021 e começo de 2022.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Continua depois do anúncio