Você está lendo...
Fiat divulga detalhes técnicos do Progetto 363, SUV revelado no BBB21
Notícias

Fiat divulga detalhes técnicos do Progetto 363, SUV revelado no BBB21

Plataforma MLA equipará os próximos lançamentos da Fiat, começando pelo SUV Progetto 363, e prevê até possível eletrificação

Emily Nery, para o Jornal do Carro

26 de mai, 2021 · 6 minutos de leitura.

Fiat SUV Progetto 363
Fiat revela detalhes técnicos da plataforma do SUV do Progetto 363, que chega em setembro às revendas brasileiras
Crédito:Fiat/Divulgação

Nesta quarta-feira (26), a Fiat apresentou detalhes da plataforma MLA, que dará origem ao inédito SUV do Progetto 363. De acordo com a marca italiana, esta arquitetura é diferente da MP1 utilizada pelo hatch Argo. Assim, traz particularidades que servirão a outros futuros modelos da montadora. Ou seja, a marca trata a arquitetura como uma nova base.

Nesse sentido, o SUV do Progetto 363 ? que poderá se chamar Domo, Pulse ou Tuo ? é o encarregado de fazer a estreia. Nesta apresentação, a Fiat revelou apenas o entre-eixos do utilitário: 2,53 metros. Dessa forma, será um dos menores da categoria, ficando atrás do Chevrolet Tracker (2,57 m) e do Volkswagen Nivus (2,56 m), dois de seus concorrentes.

Fiat Plataforma MLA
Divulgação/Fiat

Na comparação com o Argo (2,52 m), o SUV terá só 1,1 cm a mais entre os eixos. Porém, no que depender da montadora, a ideia é afastar os dois modelos, e desvincular o utilitário do hatch. Importante lembrar que o Progetto 363 vinha sendo referenciado como "SUV do Argo". Mas, segundo a Fiat, o novo modelo herda apenas algumas peças de chapas do hatch.

Plataformas distintas?

Conforme afirma a marca italiana, não há relação entre a plataforma MP1 do Argo e a MLA do inédito SUV. Da mesma forma, a nova arquitetura não é uma evolução da primeira, embora, em vários momentos, a Fiat tenha comparado a base MLA à MP1, apontando "melhorias".


De qualquer modo, para construir carros maiores, com novos motores, a MLA terá reforço na segurança, a começar pela estrutura mais rígida.

Além de aços de alta resistência, presentes em 68% da carroceria, a energia em uma eventual colisão é absorvida pelo underbody, o chassi inferior do veículo. Além disso, há uma nova estrutura de impacto lateral. Como resultado, a deformação da cabine promete ser menor.

Especificamente para o novo SUV, a fabricante afirma que o modelo terá suspensões dianteira e traseira diferentes. Entretanto, os conjuntos vão manter o layout independente McPherson na dianteira, e por eixo de torção na traseira, tal como é no hatch Argo.


SUV derivado do Progetto 363 poderá realizar chamadas de emergência
SUV derivado do Progetto 363 poderá realizar chamadas de emergência e promete dispor de pacotes de assistência ao motorista nas versões mais caras Reprodução/Fiat

Novo sistema de direção

Todos os modelos com a base MLA empregarão um sistema de direção com novas caixa, coluna de direção elétrica e regulagem de altura e profundidade. Assim, pela primeira vez, os carros de passeio da marca terão à disposição os conteúdos avançados do pacote de assistência ao motorista ADAS, já presente na nova Toro, por exemplo.

Além disso, para ajudar em manobras em espaços pequenos, os novos veículos terão um menor diâmetro de giro.


Na cabine, o destaque é o novo sistema ar-condicionado. A plataforma permitirá que se construam veículos equipados com ar-condicionado manual ou automático. Da mesma maneira, os carros mais requintados da marca poderão oferecer sistema de climatização de duas zonas.

Conceito do Fiat Fastback inspirará visual do novo SUV cupê da marca
SUV-cupê derivado do conceito Fiat Fastback deve utilizar a plataforma MLA Divulgação/Fiat

Futuro SUV-Cupê

Conforme antecipamos no Jornal do Carro, a Fiat planeja lançar um segundo SUV, mas só em 2022. Todavia, a marca comentou apenas que a arquitetura MLA servirá para modelos no futuro, sem mencionar quais. Assim, o SUV-cupê médio pode dividir a plataforma com o Progetto 363.


Eletrificação

Ainda que o CEO da Stellantis tenha afirmado que só fará carros elétricos com incentivo do governo, a eletrificação foi pauta na apresentação. A boa notícia é que a MLA tem capacidade para construir carros eletrificados.

Sem dar detalhes, a Fiat afirmou que "são coisas para serem feitas no futuro, e vai depender do nível de eletrificação".

Motores

Tal como esperado, o SUV do Progetto 363 oferecerá duas opções de propulsores. O primeiro será o conhecido motor 1.3 Firefly aspirado de até 82 cv. O segundo será o inédito 1.0 GSE turbo, cuja potência ainda é desconhecida. Com o motor turbo flexível, estará a transmissão automática do tipo CVT que simula seis velocidades.




O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Fiat Mobi Easy
Oferta exclusiva

Fiat Mobi Easy