Você está lendo...
Fiat Pulse fica mais caro e versão Impetus 1.0 turbo chega a R$ 125 mil
Mercado

Fiat Pulse fica mais caro e versão Impetus 1.0 turbo chega a R$ 125 mil

Com apenas dois meses de mercado, Fiat Pulse recebe primeiro reajuste de preços, com aumentos de até R$ 4 mil; SUV já vendeu 13 mil unidades

Diogo de Oliveira

13 de dez, 2021 · 4 minutos de leitura.

SUVs Fiat Pulse
Fiat Pulse teve mais de 5.500 unidades vendidas em apenas quatro dias de vendas; SUV já soma 13 mil unidades em dois meses
Crédito:Fiat/Divulgação

Um ponto que chamou a atenção do público brasileiro no lançamento do Fiat Pulse foram os preços. Em tempos de inflação alta, e de reajustes mensais para os 0-km, o valor inicial de R$ 79.990 pareceu "baixo" no lançamento, no fim de outubro. Agora, a realidade: a partir deste mês de dezembro, o SUV parte de R$ 83.990, ou seja, está R$ 4.000 mais caro.

Da mesma forma, chama a atenção o novo preço da versão topo de linha Impetus. Na estreia há menos de dois meses, o Fiat Pulse mais caro custava R$ 115.990. Mas, com o primeiro reajuste, agora começa em R$ 119.990. Além disso, quando equipado com todos os opcionais mais a pintura metálica ou perolizada, o SUV compacto alcança R$ 124.990.

Fiat Pulse
Fiat/Divulgação

Até mesmo as versões intermediárias tiveram aumentos graúdos. O Pulse Drive com motor 1.3 flex e câmbio automático CVT, por exemplo, subiu de R$ 89.990 para R$ 93.990. Já o Drive com motor 1.0 turboflex e transmissão CVT encareceu R$ 3.000, indo de R$ 98.990 para R$ 101.990. Por fim, a versão Audace 1.0 turbo CVT foi de R$ 107.990 para R$ 109.990.

Fiat já vendeu 13 mil unidades do Pulse

Na última semana, a Fiat lançou no Brasil a Strada automática com câmbio CVT. Uma herança do Pulse, já que a picape usa o mesmo conjunto mecânico do SUV, ou seja, motor 1.3 flexível e o câmbio automático. Nesta combinação, o motor entrega até 107 cv de potência e 13,7 mkgf de torque com etanol. O câmbio CVT tem sete marchas virtuais e modo Sport.

Fiat Pulse
Fiat/Divulgação

Mas, no caso do SUV, há ainda a opção do novo motor 1.0 GSE turbo flexível. Este entrega até 130 cv de potência e um torque de 20,4 mkgf com ambos os combustíveis (gasolina ou etanol). Pois no lançamento da nova Strada CVT, a Fiat anunciou que já vendeu 13 mil unidades do Pulse desde o lançamento, somando as versões 1.3 flex e 1.0 turboflex.

Veja como fica a tabela de preços do Fiat Pulse:

  • Drive 1.3 flex MT5 ? R$ 83.990 (era R$ 79.990)
  • Drive 1.3 flex CVT ? R$ 93.990 (era R$ 89.990)
  • Pulse Drive 1.0 Turboflex CVT ? R$ 101.990 (era R$ 98.990)
  • Audace 1.0 Turboflex CVT ? R$ 109.990 (era R$ 107.990)
  • Impetus 1.0 Turboflex CVT ? R$ 119.990 (era R$ 115.990)

Veja aqui todas as versões e equipamentos do novo Fiat Pulse.

Volkswagen
Volkswagen/Divulgação

Creta, HB20, Nivus e T-Cross têm aumentos

Os aumentos de preços não são exclusividade do Fiat Pulse. Só neste início de dezembro, a Hyundai atualizou a tabela de preços da linha HB20 e do novo Creta, enquanto a Volkswagen reajustou os valores de Polo, Virtus, Nivus e T-Cross. Os SUVs da marca alemã, ao menos, ganharam conteúdos, como Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC) de série.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Fiat Pulse Drive 1.0 Turbo 200
Oferta exclusiva

Fiat Pulse Drive 1.0 Turbo 200