Mercado

Fiat Toro perderá motor 1.8 flex e versão a diesel terá tanque de Arla 32

Próxima etapa das leis de emissões vai forçar aposentadoria do motor 1.8 Etorq, além da adoção do tanquinho de Arla 32 na Fiat Toro a diesel

Emily Nery, Especial para o Jornal do Carro

28 de jul, 2021 · 4 minutos de leitura.

picapes" >
Fiat Toro recebeu recente atualização e veio com mais recheio e visual repaginado na linha 2022
Crédito:Divulgação/Fiat

A Toro 2022 foi o primeiro veículo a trazer o motor 1.3 turbo flexível ao portfólio da Fiat. Todavia, a picape não aposentou o longevo 1.8 E.torQ de até 139 cv, que permanece apenas na versão de entrada Endurance. A partir de 1º de janeiro de 2022, porém, será o momento do veterano propulsor ser descontinuado, devido à próxima fase (L7) do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve).

Tal como reportamos no Jornal do Carro, a Toro não será a única a perder o motor E.torQ, uma vez que o Jeep Renegade 2023 será lançado em janeiro somente com motores turbo. Caberá à Fiat escolher uma das três saídas para a configuração Endurance. Ou ela terá o motor 1.3 turbo, ou pode até utilizar o futuro 1.0 turbo GSE somente na versão mais barata.

Fiat Toro Endurance
Fiat/Divulgação

Vale reiterar que a diferença de preço entre a versão Endurance e a Freedom, com o motor 1.3 T270, é de R$ 5 mil. A opção de entrada tem preço de R$ 117.990, enquanto a Freedom custa R$ 122.990.

Tanque de Arla 32 na Toro 2023

O site Autos Segredos adianta que as versões turbo diesel da picape Fiat enfim acompanharão o tanquinho de Arla 32.



Conforme explicamos, o tanquinho precisa de abastecimento periódico, cujo preço do litro varia entre R$ 2,50 a R$ 4. Contudo, o reagente tem uma autonomia grande e consegue rodar entre 8 mil e 10 mil km com o tanque de 13 litros cheio. Sua função é reduzir emissões de gases do motor diesel e, assim, cumprir os novos limites do Proconve L7.

postos
Para encher o tanquinho de Arla 32, o cliente pode optar por enchê-lo nos postos, bem como em casa Red Line/Divulgação

Inédito motor de 200 cv

A Fiat poderá ainda equipar a linha 2023 da Toro com o motor 2.0 turbo diesel aprimorado. Sua potência deverá superar os 200 cv. Isso se dará graças à adoção de sistema híbrido leve, que vai combinar o motor diesel a uma bateria reforçada de 48V. Com o sistema, o torque promete chegar aos 40 mkgf. Essa motorização deve estrear com o novo Jeep Commander, futuro SUV nacional de 7 lugares, que chega no final deste ano.

Entretanto, como o SUV terá proposta premium, é provável que essa motorização, no primeiro momento, seja exclusiva dele.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se