Notícias

Great Wall Motors planeja construir fábrica de carros elétricos no Brasil

Uma das maiores fabricantes privadas de carros da China, Great Wall Motors procurou autoridades brasileiras e tem intenção de produzir no Sudeste do País

Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

26 de abr, 2021 · 4 minutos de leitura.

Great Wall Motors no Brasil" >
Great Wall planeja construir fábrica no Brasil para fazer carros elétricos e utilitários leves no país. Marca chinesa é especialista em SUVs e picapes
Crédito:Great Wall Motors/Divulgação

A Great Wall Motors, uma das maiores fabricantes privadas de carros da China, flerta com o Brasil há cerca de uma década. Em 2011 a empresa já demonstrava interesse em vender seus carros aqui. Mas agora parece que o negócio vai avançar. Executivos da montadora procuraram autoridades brasileiras na última semana para sinalizar interesse em construir uma fábrica de carros elétricos e utilitários leves na região Sudeste.

A Great Wall vem estudando o Brasil há cerca de dois anos, bem como buscando regiões que ofereçam incentivos fiscais para a operação.

Great Wall SUVs Haval Jolion
Haval/Divulgação

Quem é a Great Wall Motors?

Fundada em 1984, a Great Wall Motors é uma montadora chinesa bem jovem. Nem “quarentou” ainda. Entretanto, a empresa é considerada a maior fabricante de capital privado do país. Sua especialidade são os SUVs e picapes, alguns deles muito populares na China. Atualmente, a fabricante reúne quatro marcas de veículos: Great Wall, Haval, WEY e ORA.

A fabricante expandiu seus negócios na última década. Em 2013, comprou a Haval, marca especializada em SUVs e crossovers. Quatro anos depois, em 2017, lançou a WEY, divisão de veículos de luxo. Na sequência, em 2018, criou a ORA/Euler, marca de carros elétricos. Trata-se da fabricante que apresentou o Punk Cat, clone elétrico do Volkswagen Fusca.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Planos para o Brasil

O Jornal do Carro fez contato com Anderson Suzuki, executivo brasileiro recém-contratado como o responsável de Produto e Marketing na região da América do Sul. Segundo Suzuki, a GWM está analisando os mercados da região e o Brasil. “Somente após a conclusão destes estudos é que a matriz na China decidirá, então, sobre próximos passos no País”.

A Great Wall ainda não fala oficialmente sobre a fábrica, mas já contratou executivos para a operação nacional, que segundo o jornalista Lauro Jardim, do O Globo, terá início já em 2022. Ou seja, a marca chinesa vai começar importando seus carros para o País, mas não se sabe que modelos virão, apenas que serão SUVs e picapes. Há opções de todos os tipos e tamanhos.

Só a Haval possui 16 utilitários disponíveis em seu site oficial. Já a marca-mãe tem cinco modelos de picapes, algumas delas com tração 4×4 e, dessa forma, voltada à prática de off-road. A WEY conta com seis modelos, mas é exclusiva do mercado chinês. Por fim, a divisão de elétricos ORA já oferece quatro modelos puramente elétricos de design lúdico.



Fiat Argo 1.0
Oferta exclusiva

Fiat Argo 1.0