Jeep Renegade
KRPIX/ESTADÃO

Jeep confirma nova geração do Renegade com versão elétrica

Jeep Renegade chegará em 2027 com motorização elétrica e preço de US$ 25 mil, nos EUA; Compass também terá novidades e será maior

Por Vagner Aquino 14 de jun, 2024 · 5m de leitura.

Apesar da baixa aceitação nos Estados Unidos, o Renegade (por lá, fora de linha desde o começo do ano) ganhará uma segunda chance. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (13), durante uma convenção que reuniu investidores da empresa. Na ocasião, o CEO da Jeep, Antonio Filosa, confirmou o lançamento da nova geração do SUV. No combo, tem ainda o novo Compass. Ambos, previstos para 2027. De acordo com os planos, ambos os modelos chegarão eletrificados.

A ideia é que o Renegade seja lançado como um modelo totalmente elétrico (versão híbridas não ficam descartadas). Isso, para agradar o cliente local “e consolidar mundialmente sua posição no segmento de SUVs pequenos”, citou o executivo. Ou seja, fica no passado a ideia de que o SUV não teria nova geração.

Ainda em fase embrionária, não há qualquer informação concreta sobre o novo Renegade. Mas já tem gente palpitando sobre o novo modelo. Uma das especulações fala sobre medidas. Acredita-se que o SUV compacto seja um pouco maior do que o modelo atual. A ideia seria dar espaço ao modelo de entrada da marca, o Avenger.

Jeep
Jeep Avenger (Jeep/Divulgação)

Eis o elétrico de US$ 25 mil

Por falar nele, em síntese, não é o Avenger o tal modelo de entrada para os EUA que custará média de US$ 25 mil (quase R$ 135 mil, na conversão direta). Ao contrário de Carlos Tavares, CEO da Stellantis, que recentemente deixou no ar que lançaria um produto com esse preço, Filosa cravou que o Renegade EV (sigla de Eletric Vehicle, ou veículo elétrico, em português) custará “menos de US$ 25 mil”.

Jeep/Divulgação
Jeep Renegade (Jeep/Divulgação)

Para isso, no entanto, algumas artimanhas seguem em estudos, como um tipo de bateria mais barato (fosfato de ferro-lítio, ao invés de níquel-manganês-cobalto, por exemplo) ou mesmo instalações locais para a produção do componente, a fim de receber créditos fiscais e baratear o SUV.

Compass

Já o Compass de nova geração – que também deverá ser comercializado mundialmente -, trocará a plataforma Small Wide 4×4 pela STLA Medium. Trata-se da mesma base utilizada pelo Peugeot 3008. Assim, comporta bateria de 98 kWh na versão elétrica, com potências que vão de 220 cv a 390 cv. A autonomia do Compass, nessas configurações, pode chegar a cerca de 700 km (ciclo WLTP). Por ora, o primeiro elétrico da Jeep atende pelo nome de Wagoneer S.


Jeep Compass 2025
Jeep Compass (Jeep/Divulgação)

Medidas

Com a ideia de que o Renegade cresça em tamanho, o Compass deve acompanhar o irmão menor – até para não canibalizar vendas. Desse modo, acredita-se que o SUV médio passará dos atuais 4,40 m de comprimento e 2,63 m de entre-eixos para até 4,90 m e 2,90 m, respectivamente – tamanhos máximos comportados pela base STLA Medium. A empresa fala que toda a linha, a partir de 2027, incluirá cinco variantes de PHEV, um modelo com autonomia estendida e seis elétricos.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Campo obrigatório
Cep inválido
CPF/CNPJ inválido
Telefone inválido
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.