Peugeot
INPI/Reprodução

Novo Peugeot 3008 ganha registros no Brasil e será híbrido

Patentes não confirmam lançamento do Peugeot 3008, mas podem ser indício da chegada do SUV da marca francesa ao Brasil

Por Vagner Aquino 12 de jun, 2024 · 5m de leitura.

A Peugeot do Brasil registrou as patentes do novo 3008 no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). É certo que isso não é uma confirmação da vinda do modelo ao País. No entanto, é o primeiro passo, caso a marca francesa, de fato, decida vendê-lo por aqui. E é praticamente certo que irá.

Detalhes

O modelo registrado no Brasil segue a mesma cartilha do europeu, apresentado no ano passado. De acordo com as imagens, é possível notar a sua principal característica (ou ao menos, a que mais chama a atenção), a caída do teto, formando um estilo SUV-cupê. O modelo com visual diferentão, a princípio, é feito na plataforma STLA Medium, da Stellantis. A mesma base dará origem ao novo Jeep Compass, que sairá das linhas de Goiana (PE). Mas, por ora, o SUV deve vir importado da fábrica de Sochaux (França).

Peugeot e-3008
Divulgação/Peugeot

No design, o SUV segue a nova linguagem visual da marca. Dessa forma, conta com uma peça tridimensional no lugar da grade dianteira. Além disso, os faróis Full-LEDs estão mais finos e são interligados por uma barra preta central. Logo abaixo, há as três barras clássicas em LEDs, bem como um novo para-choque. A traseira é mais elevada e moderna, também com lanternas de LEDs (conectadas por uma faixa escura). Além disso, há um aerofólio na tampa do porta-malas. Por fim, a Peugeot também resolveu trazer novas rodas para a nova geração do 3008.

Por dentro, conta com tela curva de 21 polegadas sobre o painel. A peça, levemente virada para o motorista, engloba quadro de instrumentos e central multimídia. No mais, há também uma nova disposição no túnel central que individualiza o lado do motorista.

peugeot 3008
Peugeot/Divulgação

Além do painel Panoramic i-Cockpit, o novo Peugeot 3008 abandona a alavanca de câmbio e adota os botões “PRND”, que ficam ao lado do botão de partida do motor. Desse modo, abre espaço no console central, onde fica o carregador sem fio para smartphones.

Peugeot
e-3008 é versão elétrica do SUV (Peugeot/Divulgação)

E a motorização?

Originalmente, o Peugeot 3008 tem três opções de propulsão elétrica, na Europa. A mais básica delas, tem 210 cv de potência e e 34,8 mkgf e 525 km de autonomia. Entretanto, o modelo também conta com motorização híbrida plug-in e combustão com hibridização leve.


Esta última, chamada também de micro-híbrida, une o motor 1.2 de três cilindros e uma unidade elétrica de 29 cv que funciona em um sistema de 48V. Tem total de 136 cv e câmbio automático de seis marchas.

Em síntese, caso o modelo seja, de fato, feito no Brasil (na linha pernambucana da Stellantis), o Peugeot 3008 poderá ainda receber a tecnologia Bio-Hybrid ou até mesmo a opção híbrida plug-in. Afinal, é o que deve acontecer com os primos Compass e Commander. Até o momento, a Peugeot não informou qual motorização equipará o 3008 no Brasil, mas, certamente, será eletrificado.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Newsletter Jornal do Carro

Complete seu cadastro para receber as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.

Campo obrigatório
Tudo certo!

Seu cadastro foi enviado. Em breve você receberá as últimas notícias do Jornal do Carro diretamente no seu e-mail.