Você está lendo...
Mini dá desconto de R$ 28 mil no Cooper elétrico; veja preços
Mercado

Mini dá desconto de R$ 28 mil no Cooper elétrico; veja preços

Saldão inclui os modelos Cooper S, Cooper S E, Countryman S E e John Cooper Works; Mini dá descontos de quase R$ 38 mil e taxa zero

Vagner Aquino, especial para o Estadão

21 de abr, 2024 · 4 minutos de leitura.

Publicidade

Mini
Ofertas para o Mini Cooper elétrico são válidas durante o segundo trimestre de 2024
Crédito:KRPIX/ESTADÃO

A Mini baixou os preços da linha Cooper e Countryman. Durante o mês de abril, os modelos são oferecidos com descontos de até R$ 38 mil. Para tentar se aproximar da dupla BYD Dolphin (R$ 149.800 a R$ 179.800) e GWM ORA 03 (R$ 150 mil a R$ 184 mil), a marca britânica faz promoção para o Cooper S E, por exemplo. O compacto elétrico passa a custar R$ 259.990 – desconto de R$ 28 mil na comparação com o preço habitual.



Além de mais barato, quem resolver pagar o modelo elétrico a prazo, pode dar 60% de entrada e garantir juros zero para parcelar em 24 meses. Há, ainda, bônus de valorização de usado no valor de R$ 20 mil. Além disso, o cliente ganha o pacote Mini Service Inclusive (quatro anos de serviços com quilometragem ilimitada), Wallbox e carregador portátil de brinde.

Mini
KRPIX/ESTADÃO

Publicidade


Modelos a combustão

Na ala de modelos com motor a combustão da fabricante, o Mini Cooper S (duas portas) pratica o valor promocional de RS 249.990. Ou seja, desconto de R$ 28.110. Além disso conta também com condição especial de financiamento, com taxa zero com 60% de entrada e saldo em 24 meses. Tem bônus de valorização de seminovo no valor R$ 20 mil. Já a configuração quatro portas do Cooper S (versão Exclusive), sai por R$ 219.990 (desconto de R$ 37.810). Tem as mesmas condições dos demais modelos, mas a valorização do usado é de R$ 15 mil. Na versão Top, sai por R$ 269.990.

Na divisão de esportivos da Mini, o John Cooper Works duas portas também oferece descontos e condições. A exemplo das demais, vem com taxa de 0% com 60% de entrada com saldo em 24 meses e bônus de valorização de seminovo de R$ 30 mil. O mesmo vale para a versão John Cooper Works Countyman ALL4.

elétricos
Mini/Divulgação

Por fim, o SUV híbrido plug-in Mini Cooper S E Countryman ALL4, tem condições especiais para financiamento com taxa de 0,69%. Neste caso, precisa dar 60% de entrada e dividir o saldo restante em 24 meses. O bônus de valorização do usado é de R$ 10 mil para a versão Exclusive e R$ 20 mil para a versão Top.

Siga o Jornal do Carro no Instagram!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Deixe sua opinião