Você está lendo...
Nova picape Ford Maverick chega ao Brasil para ações de lançamento
Lançamentos

Nova picape Ford Maverick chega ao Brasil para ações de lançamento

Rival da Fiat Toro, picape tem primeiras unidades em solo brasileiro; Ford Maverick chega no início de 2022 na versão de topo, Lariat FX4

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

26 de out, 2021 · 6 minutos de leitura.

Ford
Ford Maverick tem como porta de entrada no Brasil o Porto de Vitória (ES)
Crédito:Ford/Divulgação

Quase um ano depois de encerrar a produção no Brasil, a Ford está prestes a cumprir mais uma de suas promessas para o mercado local: o lançamento da Maverick. Destinadas a ações de pré-lançamento, as primeiras unidades da nova picape chegaram nesta semana ao País. A porta de entrada do modelo - na versão topo de linha Lariat FX4 - é o Porto de Vitória (ES).

Com lançamento programado para 2022, a Ford Maverick chega importada do México, onde é feita na fábrica de Hermosillo, para disputar o segmento dominado pela Fiat Toro. Para se ter ideia, a picape da marca italiana vendeu 6.852 unidades, de acordo com a Fenabrave. Para se ter ideia, sua única rival direta, a Renault Oroch, não passou dos 517 emplacamentos.

Fiat Toro Volcano
Fiat/Divulgação

Motorização

No México, onde foi lançada com preço-base equivalente a R$ 170 mil, a Maverick tem motor 2.0 EcoBoost turbo de 253 cv e 38,3 mkgf de torque. Outra opção é a mecânica híbrida, composta por um 2.5 Duratec a gasolina de ciclo Atkinson (164 cv e 21,4 mkgf de torque) aliado a um motor elétrico de 128 cv e 23,9 mkgf. De acordo com a Ford, a potência combinada chega a 193 cv, com autonomia de 800 km e consumo médio urbano de 17 km/l.

Mais números e conteúdo

Ainda em números, o modelo feito sobre a base do Bronco Sport, tem chassi em monobloco e caçamba com capacidade volumétrica de 942 litros. São, no enatnto, 680 kg de capacidade de carga. Nesse sentido, suas medidas ficam em: 5,07 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,74 m de altura. O seu entre-eixos, por fim, mede 3,07 m.


Em relação ao conteúdo de série, a Ford Maverick vem com tela central de 8" e espelhamento Android Auto e Apple CarPlay. Além disso, tem assistente de partida em rampa, alerta de colisão com frenagem automática, câmera de ré, faróis de LED e rodas de liga leve com 17" ou 18". Painel de instrumentos digital, ar-condicionado automático bi-zone, teto solar elétrico e tração integral, no entanto, estão no pacote.

Ford Maverick
Ford/Divulgação

Versão exclusiva no Brasil

Ao contrário da configuração mexicana, local onde a marca disponibiliza as versões XLT e Lariat, a Ford afirma que a Maverick brasileira terá a configuração Lariat FX4. Nesse sentido, uma versão com características exclusivas para o mercado brasileiro. As especificações técnicas, entretanto, serão divulgadas apenas em data próxima ao lançamento.




Sucesso nos EUA

Nos Estados Unidos, onde foi lançada recentemente, a Maverick, em síntese, somou mais de 100 mil pedidos de reserva durante sua pré-venda. As entregas, por fim, começaram a acontecer no fim de setembro.

Esse sucesso se deve, todavia, ao design bem acertado, que segue a linha das irmãs F-150 e Ranger. Esta última, contudo, ainda segue em processo de desenvolvimento.

Tamanho compacto e lista de tecnologia também são foco da Maverick para conquistar clientes "que nunca pensaram em ter uma picape", diz o comunicado da Ford. "A Maverick é um produto que vai surpreender tanto quem já é fã como quem nunca dirigiu uma picape", diz Daniel Sinzato, gerente de marketing de produto da fabricante.


Ford/Divulgação

Por enquanto, só via importação independente

Conforme noticiado pelo Jornal do Carro, a picape já está disponível no Brasil pelas mãos da Direct Imports. A importação independente na loja de luxo paulistana não sai por menos de R$ 369.900. O modelo em questão trata-se da versão topo de linha - híbrida, configuração Lariat.

Até o momento, não se tem ideia dos valores que serão praticados pela Ford quando a Maverick for lançada oficialmente. No entanto, mesmo com a ausência de 35% de taxa de importação - conforme acordo de livre comércio entre Brasil e México - a picape não deve custar menos de R$ 200 mil. A Toro Volcano - o modelo mais caro do catálogo - sai por R$ 197.990.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Ford Ranger XLS 2.2 Diesel 4X4
Oferta exclusiva

Ford Ranger XLS 2.2 Diesel 4X4

Deixe sua opinião