Mercado

Novo Kia Cerato é lançado nos EUA e deve chegar ao Brasil em 2022

Com visual moderno e novidades de tecnologia semiautonôma, novo Kia Cerato virá ao Brasil importado do México; sedã terá versão esportiva

Jady Peroni, Especial para o Jornal do Carro

15 de out, 2021 · 6 minutos de leitura.

kia cerato" >
Depois de estrear na Coreia do Sul, novo sedã Cerato chega aos Estados Unidos e pode vir ao Brasil em 2022.
Crédito:Divulgação/Kia Motors

Depois de apresentar o seu novo logotipo no início de 2021, a Kia Motors começou a renovar seus modelos mais importantes. Dentre eles está o Cerato, que foi reestilizado nos Estados Unidos, onde é vendido com o nome ''Forte''. Além do novo visual, o sedã médio ganhou atualizações nos sistemas eletrônicos, como os recursos de condução semiautônoma.

Dessa forma, o novo Cerato traz frenagem automática de emergência, assistente de permanência na faixa, controle de velocidade de cruzeiro e detector de ponto cego. Esses itens fazem parte do pacote Advance Drive Assistance System (ADAS).

Assim, o sedã oferece uma ampla lista de equipamentos. Além disso, nos EUA é oferecido nas versões FE, LXS, GT e GT-Line. E, apesar de não haver detalhes sobre as configurações, o novo Cerato deve chegar ao Brasil no primeiro semestre de 2022. Inicialmente, o modelo será importado do México. Portanto, ainda não há informações sobre estimativa de preço.

Divulgação/Kia Motors

Mudança no visual

Com a reestilização, o sedã ficou com um aspecto mais moderno. Nesse sentido, as linhas do capô criam um aspecto mais robusto. Porém, o que mais chama a atenção na dianteira é a nova grade, que ficou menor. Da mesma forma, o para-choque recebeu novas entradas de ar.

Além disso, os faróis também foram redesenhados. Agora, além de virem com as luzes de seta incorporadas, passaram a ter iluminação 100% de LEDs. Colabora com o visual o formato de linhas espaçadas.

AS rodas de liga-leve também são novas. Bem como podem variar de tamanho de dependendo da versão de acabamento. Assim, as mais esportivas, GT e GT-Line, podem ter rodas de 16 a 17 polegadas. Por sua vez, na traseira as lanternas foram interligadas ao novo para-choque.

No mesmo sentido, o sedã ganhou nova central multimídia com tela de 10,2 polegadas. O dispositivo tem integração com a plataforma Android Auto, que recentemente recebeu atualizações da Google. Bem como do Apple CarPlay, que também traz novos recursos.

Divulgação/Kia Motors

Mesma motorização

Na parte mecânica, o novo Cerato não traz atualizações. Nos EUA, o modelo é oferecido com motor 2.0 a gasolina de 149 cv de potência e 18,2 mkgf de torque. Aliás, esse quatro-cilindros equipa a maioria das versões. Aliá, a tração é na dianteira e o câmbio é automático do tipo CVT.

Já nas versões mais esportivas GT, o motor é o 1.6 turbo de 204 cv e 27 mkgf. Além disso, essas configurações vêm com câmbio automatizado de sete velocidades e dupla embreagem.  



Kia no Brasil

No Brasil, a Kia Motors anda meio apagada. Porém, vem anunciando que trará mais novidades. A próxima aposta do Grupo Gandini, importador oficial da marca sul-coreana, é o SUV Stonic. O modelo virá para brigar no concorrido e amplo segmento de SUVs compactos.

Continua depois do anúncio

Feito sobre a mesma plataforma do hatch Rio, o Stonic tem como proposta ser o híbrido mais barato do País. Porém ainda não há previsão de preço. O modelo tem motor 1.0 turbo GDI. Trata-se do mesmo três-cilindros que está nas linhas HB20 e Creta. Isso porque a Kia e a Hyundai fazem parte do mesmo grupo. Porém, no Stronic há sistema híbrido leve de 48V.

Além disso, a marca sul-coreana acaba de lançar no Brasil a quarta geração da Carnival. Contudo, a minivan não é exatamente uma grande aposta, uma vez que tem preço inicial de R$ 479.990.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se