Notícias

Apple vai atualizar sistema Carplay para oferecer mais funções nos carros

Após o Google apresentar novidades para o Modo de Direção, Apple vai lançar nova versão do CarPlay que permite controlar funções dos veículos

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

08 de out, 2021 · 7 minutos de leitura.

Apple CarPlay" >
Depois de quase 10 anos do lançamento do sistema CarPlay, Apple divulga atualização que permite maior integração com os veículos
Crédito:Divulgação/Peugeot

Há quase uma década, a Apple apresentou o CarPlay, sua plataforma para conectar o iPhone à multimídia dos carros. Entretanto, desde o seu lançamento em 2014, o sistema não recebeu muitas atualizações relevantes. Pelo menos até agora.

Depois de o rival Google lançar novos comandos de voz para motoristas, a marca da maçã divulgou que está desenvolvendo novidades para seu sistema. Inclusive, o objetivo é oferecer uma maior integração com as funções dos carros.

Chamada de ''IronHeart'' (coração de ferro, na tradução em português), a nova tecnologia ainda está em fase de testes. Contudo, já é considerada uma grande aposta da Apple no setor automotivo. Até porque, hoje, o Carplay já faz parte de mais de 600 modelos de carros. E é utilizado por muitas montadoras como BMW, Volkswagen, Audi, Honda, entre outras.

apple carplay
Reprodução

Interface que permite comandar o carro

Com as atualizações, a promessa é de que os usuários consigam comandar os recursos e funções gerais do carro. Sendo assim, a plataforma vai trabalhar com uma ''troca de dados'', liberando acesso para operar alguns modos, controles e sensores dos veículos.

Entre os principais comandos estão o acesso ao sistema de climatização, velocímetro e ajuste de assentos. Além disso, também há a promessa de mexer no ar-condicionado e mudar a estação de rádio. Configurações que até o momento estão indisponíveis.



Apoio das montadoras

Apesar de ser uma grande evolução no sistema da Apple, a parceria com as montadoras será essencial para tornar o projeto em realidade. No entanto, essa pode ser a etapa mais complicada, visto que talvez haja um ''pé atrás'' em ceder os comandos dos carros.

Inclusive, a Apple já enfrentou esse tipo de dificuldade. Em 2020, por exemplo, a marca da maçã anunciou o CarKey, produto que permitia desbloquear o veículo com um iPhone ou Apple Watch, bem como rotear veículos elétricos para oferecer informações ao motorista. Contudo, muitas montadoras negaram as novidades.

Agora, os fabricantes vêm desenhando instalar ecossistemas de tecnologia automotiva próprios. Porém, por ter um grande grupo de seguidores, a Apple pode conquistar algumas marcas e conseguir seguir em frente com a iniciativa.

Google na disputa

Divulgação/Google

Principal concorrente da Apple, a Google caminha para se aproximar cada vez mais do setor automotivo. Recentemente, o Jornal do Carro noticiou os novos recursos do Google Assistente para evitar que os motoristas usem o celular no volante.

Entre as principais novidades, está o comando de voz para o Modo de Direção, já disponível em 10 países, incluindo o Brasil. Com ele, é possível acionar o sistema e ter acesso à varias funções apenas dizendo ''Ok, Google, vamos dirigir''.

Continua depois do anúncio

Dessa forma, o usuário pode criar uma nova rota de navegação, ouvir mensagens, retornar chamadas e ligar apps de streaming no celular, sem tirar as mãos do volante. Para mandar uma mensagem, por exemplo, basta falar ''Ok, Google, enviar mensagem de áudio'', e a plataforma imediatamente ativa a leitura de voz.

Além disso, a multinacional trabalha em atualizações para o Android Auto, que, a exemplo do CarPlay, permite espelhar o celular na multimídia do carro. A maioria das montadoras já traz o sistema nos carros mais novos, como Ford, GM, Fiat e Jeep, entre outros. O Google, inclusive, anunciou um novo parceiro para desenvolvimento de tecnologia: a Honda.

Acesso ao Waze

Waze/Reprodução

Além das novidades acima, em fevereiro, o Google anunciou a integração do Waze (aplicativo de navegação GPS) com seu assistente virtual. Assim, o motorista não precisa digitar ou clicar na tela. Basta falar os comandos e pronto.

Para liberar a função, é preciso ter o Assistente Google no aparelho móvel. Feita a instalação e o ajuste de reconhecimento de voz, basta abrir o Waze, acessar as configurações do app e, então, habilitar o comando "Ok Google". Assim, o app cria um modelo de voz.

O Jornal do Carro chegou a fazer um teste na redação e se surpreendeu com a velocidade com que o Waze reconheceu a voz, e traçou o caminho no mapa. Estar conectado em uma boa rede de wifi ajudou, mas o app também mostrou que está calibrado.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se