Você está lendo...
Novo Kia Sportage chega em duas versões e preço a partir de R$ 219.990
Mercado

Novo Kia Sportage chega em duas versões e preço a partir de R$ 219.990

SUV médio da Kia estreia com sistema híbrido leve em duas versões e vai concorrer com Caoa Chery Tiggo 7 Pro, Toyota Corolla Cross e outros

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

05 de jul, 2022 · 7 minutos de leitura.

Kia SPortage
Kia Sportage de 5ª geração quer conquistar clientela pelo estilo diferentão
Crédito:Kia/Divulgação

A Kia Brasil começa a vender a nova geração do Sportage nesta quinta-feira (7). Após o SUV médio aparecer no site brasileiro, a marca sul-coreana anuncia os preços. O modelo desembarca no País em duas versões que trazem o mesmo conjunto mecânico com sistema híbrido leve. O Sportage EX tem preço sugerido de R$ 219.990, enquanto o topo de linha EX Prestige custa R$ 254.990. Assim, o que diferencia ambos é o pacote de equipamentos.

Nesta nova geração, o Kia Sportage chega como parte do plano de eletrificação da marca. Por isso, vem apenas em versão híbrida leve. O conjunto mecânico traz o motor 1.6 turbo a gasolina de quatro cilindros e injeção direta, e o câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. Ele rende 180 cv de potência máxima e torque de 27 mkgf - desempenho semelhante ao do Jeep Compass 1.3 turbo flex. Mas o SUV da Kia traz sistema de 48 volts.

Kia/Divulgação

Em síntese, a versão híbrida leve une o motor 1.6 turbo ao sistema que incluí uma bateria e um gerador elétrico. Ele reaproveita a energia das frenagens e alivia o motor a combustão em certos momentos. Assim, reduz emissões e consumo de combustível. Com a tecnologia, o novo Kia Sportage passa a ser o terceiro híbrido da categoria, ao lado do Caoa Chery Tiggo 7 Pro, que é híbrido leve flex e estreia neste mês, além do Toyota Corolla Cross.

Entretanto, o sistema da Kia é mais simples que o da Toyota, que tem conjunto híbrido completo, com modo elétrico. Mas o SUV da marca sul-coreana chega com vantagem sobre outros concorrentes diretos, como, por exemplo, o novo Chevrolet Equinox, o Jeep Compass - que tem híbrido plug-in com preço de R$ 350 mil - e o Volkswagen Taos.



Visual

Na sua 5ª geração, o Sportage exibe o visual mais recente dos carros da Kia, com o novo formato da grade "nariz de tigre". A peça agora une a ponta do capô a uma barra prateada que fica dentro da grade frontal. O conjunto óptico traz dois bumerangues de LEDs estreitos que acompanham a enorme tomada de ar. A iluminação diurna contorna os faróis principais. Já as laterais têm linhas parrudas, que sobem em direção à traseira com ressaltos nas caixas de rodas.


Kia Sportage
Kia/Divulgação

Como se trata da versão à venda na Europa, é mais curto. Assim, dentre os detalhes, muda para-choque, rodas, perde o vidro vigia nas colunas "C" e tem o balanço traseiro menor. No total, mede 4,51 metros de comprimento e 2,68 m de entre-eixos. Para se ter ideia, a configuração original do SUV sul-coreano (abaixo) tem, respectivamente, 4,66 m e 2,76 m.

Kia/Divulgação

Na parte de trás, no entanto, bastante altura para dar mais robustez. Destaque para as lanternas unidas por uma barra no centro da tampa do porta-malas.

Assim como por fora, o interior do Sportage é cheio de linhas desformes. Entretanto, tem modernidade de sobra. O modelo reúne duas telas full HD de 12 polegadas cada uma, para o quadro de instrumentos e a central multimídia, na versão topo de linha. No mais, a lista de itens, a depender da versão, tem ar-condicionado de duas zonas, freio de estacionamento eletrônico, partida do motor por botão e couro nos bancos e no volante, que tem aquecimento.

Kia
Kia/Divulgação

Como assistentes de direção, a lista incorpora alertas de ponto cego, volante com correção de saída involuntária de faixa, assistente de colisão frontal e tráfego cruzado, controlador de velocidade adaptativo, entre outras soluções.

Próximos passos

De acordo com Gandini, a lista de próximos lançamentos não acaba aí. A marca sul-coreana terá ainda o crossover híbrido Niro (também np 2º semestre) e a nova geração do Sorento. Este último, entretanto, só chegará ao Brasil entre o fim deste ano e o início de 2023.

Kia EV6
Vagner Aquino/Jornal do Carro

O atraso é culpa da escassez de chips eletrônicos. Além disso, na ocasião, o presidente da Kia apontou que a alta demanda por carros híbridos e elétricos nos maiores mercados globais, como China e Estados Unidos, por exemplo, influenciam na disponibilidade por aqui.

Cabe salientar que o crossover elétrico EV6 (leia avaliação completa) chega só em 2023. Já à venda na Ásia e na Europa, o modelo alimentado por baterias tem autonomia superior a 500 km. Seu motor gera potência de 229 cv e tem 35 mkgf de torque. Assim, promete chamar a atenção da clientela de outros elétricos, como Jaguar E-Pace, por exemplo.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Caoa Chery Tiggo 5X PRO 22/23
Oferta exclusiva

Caoa Chery Tiggo 5X PRO 22/23

Deixe sua opinião