Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

22/02/2021 - 5 minutos de leitura. Atualizado: 19/02/2021 | 11:18

Novo Nissan Kicks continuará a oferecer a versão PCD

Marca japonesa confirma permanência do Kicks PCD na gama de versões do SUV, que está muito próximo de ganhar a reestilização no Brasil

Nissan vai continuar a vender o Kicks PCD após a reestilização do SUV compacto, que estreia em março Crédito: Nissan/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Dentro em breve, o Nissan Kicks receberá uma reestilização no Brasil. O SUV compacto, inclusive, já está em produção com o visual renovado na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro, conforme mostra o recente flagra publicado aqui no Jornal do Carro. Agora, às vésperas do lançamento, a Nissan confirma que vai continuar a oferecer a versão para Pessoas com Deficiência (PCD), um grande sucesso do modelo.

O Nissan Kicks estreou em 2016 no Brasil, durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Na época, chegou inicialmente importado do México. Entretanto, um ano depois, o SUV ganhou a nacionalização na fábrica do sul Fluminense, ampliando o leque de versões. Foi, então, que a marca japonesa lançou o Kicks PCD. E a versão com direito a isenções fiscais impulsionou as vendas do utilitário.

Nissan Kicks PCD
Nissan/Divulgação

Expectativa em relação ao preço

Por enquanto, a Nissan só confirmou que continuará a vender o Kicks PCD. Contudo, após a recente disparada dos preços dos carros no Brasil, fica a expectativa sobre como a japonesa vai precificar o modelo. O SUV está cada vez mais distante da faixa limite para os carros PCD, que ainda é de R$ 70.000. Atualmente, a versão de entrada custa a partir de R$ 90.390.

Na prática, o atual Kicks PCD enxuga bem a lista de equipamentos para se encaixar na faixa limite de preço, que garante a isenção completa de tributos. Assim, o SUV fica livre do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) e do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) — além do rodízio municipal em São Paulo.

Nissan/Divulgação

Entre os equipamentos, o Kicks PCD vendido até agora descarta a assinatura de LED nos faróis, acabamento cromado na grade frontal e nas maçanetas das portas, e as rodas de liga leve de 16 polegadas (sim, o modelo vem com rodas de aço). A opção também remove o tampão do porta-malas e tem o interior mais simples, com bancos forrados em tecido e sem multimídia.



Isenção de ICMS termina no fim março

Enquanto a indústria de carros tenta aumentar a faixa limite de R$ 70.000 para os carros PCD, as isenções para estes modelos estão se reduzindo. O valor foi estabelecido em março de 2009 e até hoje não foi corrigido ou reajustado. Contudo, a partir de 31 de março deste ano, o ICMS voltará a incidir sobre os modelos PCD, e promete impactar o preço.

Nissan Kicks PCD
Nissan/Divulgação

Regras mais rígidas em São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo alterou as regras para a isenção do IPVA nos carros para PCD. Desde o início deste ano, a liberação do tributo é concedida somente a condutores com deficiência mais severa, tais como autistas e pessoas com limitações física, visual e mental, sejam elas severas ou profundas, ou ainda cujo veículo necessite de adaptação. Assim, os motoristas que não se enquadrarem terão de pagar o imposto de 2021.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


OFERTA EXCLUSIVA

Nissan New Kicks Exclusive CVT 1.6