Mercado

Peugeot 208 fica até R$ 9 mil mais barato e supera Fox, Polo e Sandero em junho

Na contramão do mercado, Peugeot 208 tem redução de preços e parte de R$ 70.990; vendas diretas turbinam o hatch sob gestão da Stellantis

Emily Nery, Especial para o Jornal do Carro

06 de jul, 2021 · 8 minutos de leitura.

Novo Peugeot 208 mais vendidos" >
Um ano depois de chegar ao Brasil, nova geração do Peugeot 208 começa a se destacar nas vendas sob gestão do grupo Stellantis
Crédito:Divulgação/Peugeot

Já faz alguns anos que a Peugeot amarga vendas ruins no Brasil. Em 2020, a montadora lançou a nova geração do 208, mas o modelo não chegou a reaquecer as vendas. Entretanto, a sorte da marca francesa parece ter virado sob gestão da Stellantis. Em junho, o hatch teve o seu melhor mês desde o lançamento há 1 ano. Assim, superou modelos de volume, como o Renault Sandero, o Volkswagen Fox e até mesmo o VW Polo.

A situação melhorou tanto, que o Peugeot 208, neste mês de julho, já vende quase duas vezes mais que o Gol, e quase três vezes o total do ex-líder Chevrolet Onix. No ranking dos mais vendidos da Fenabrave, a federação das concessionárias de veículos, o hatch também aparece à frente de SUVs como os Jeeps Compass e Renegade, e o Toyota Corolla Cross. Mas como explicar esse sucesso meteórico do compacto da Peugeot?

Reposicionamento de preços e crise dos chips

Um dos motivos que podem estar contribuindo para o sucesso repentino do Peugeot 208 nas vendas é a escassez de microchips. Várias montadoras estão com suas fábricas paradas por causa da falta de semicondutores. A marca que mais está sofrendo com a crise dos chips é a Chevrolet, que despencou no ranking das fabricantes. A Volkswagen também.

Entretanto, a boa saída do hatch também pode ser atribuída à nova estratégia de precificação da Peugeot. A linha 2022 do hatch 208 chegou ao mercado com valores até R$ 9 mil mais baratos. Desse modo, o modelo adotou claramente o foco no custo-benefício. Quando chegou, o 208 tinha preços entre R$ 74.990 e R$ 94.990.

Desde então, chegou a apresentar até duas novas versões de entrada, mirando os frotistas. Mas a solução precisou ser branda, de tal forma que abarcasse toda a linha.

Divulgação/Peugeot

Fim de três versões

A fabricante, portanto, optou por acabar com três versões: Like Pack, Active Pack e Allure. Assim, restam na gama as opções Like, Active e Griffe. A primeira é equipada com motor 1.6 16V aspirado de até 118 cv e câmbio manual de cinco marchas, e agora custa R$ 70.990. Esse preço é R$ 7 mil menor do que os R$ 77.990 pedidos no modelo da linha 2021.

De série, o Peugeot oferece itens como, por exemplo, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, Isofix, 4 airbags, alerta sonoro de portas abertas, conexão Bluetooth para celular, ar-condicionado manual, painel de instrumentos com tela LCD, rádio de 5″ integrada ao painel e rodas de aço de 15 polegadas.

Em seguida, a versão Active chega a linha 2022 custando R$ 79.990. Isso demonstra uma redução de R$ 9 mil frente aos R$ 88.990 cobrados anteriormente. Em termos de comparação, o Polo 1.6 MSI com câmbio automático sai por R$ 79.390, enquanto o Yaris Hatch XL automático custa R$ 80.990. Ou seja, o reposicionamento do 208 foi cirúrgico.

Novo-Peugeot-208-interior
Versão Active é a primeira que traz a central multimídia de 7 polegadas e o i-Cockpit 3D

A configuração intermediária do 208 acompanha itens como luzes DRL em LEDs, rodas de liga leve de 16″, ar-condicionado digital, comandos de voz com comandos no volante, i-Cockpit 3D, bem como central multimídia de 7″ com Android Auto e Apple CarPlay.

Versão Griffe tem abatimento de R$ 9 mil

Por fim, a versão topo de linha Griffe está à venda por R$ 90.990. Na linha 2021, o modelo custava R$ 99.990 e quase rompeu a barreira dos R$ 100 mil. Agora, a versão Griffe tem preços parecidos com o Fiat Argo HGT 1.8, que custa R$ 89.490, e com o Hyundai HB20 Diamond, que tem preço sugerido de R$ 91.690.

A versão de topo de linha adiciona acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, alerta de colisão, alerta de permanência de faixa, detector de fadiga, faróis full LED, câmera de ré, sensores de estacionamento traseiros, reconhecimento automático de sinalização de faixa, auxílio de farol alto e aerofólio esportivo na traseira.


Continua depois do anúncio

Boa fase nas vendas

O ranking da Fenabrave de junho apontou forte alta no desempenho do modelo da Peugeot. Com 1.738 unidades emplacadas, o novo 208 ficou em 25º lugar, saindo na frente de concorrentes como Polo e Fox, além do Sandero. No entanto, a participação no 1º semestre ficou abaixo do registrado em junho. Na 35ª posição, o hatch soma 6.052 unidades.

Peugeot e-208
O elétrico 208 e-GT chega no Brasil no 2º semestre Peugeot/Divulgação

Em julho, 208 está em 5º lugar do ranking

Até esta terça-feira, 6 de julho, o Peugeot 208 figura entre os cinco automóveis mais vendidos do mês. Somando 788 unidades, está atrás do líder Argo, do HB20, do Mobi e do crossover Nivus.

Outro motivo para o rápido sucesso do modelo está nas vendas diretas. É possível que um grande lote do hatch da Peugeot tenha sido destinado à locadoras, tendo em vista que a mesma situação ocorreu em junho, seu melhor resultado até então. Das 1.738 unidades licenciadas no último mês, 1.346 foram resultado de vendas diretas.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se