Você está lendo...
Porsche Cayenne Turbo GT de 640 cv chega com preço de R$ 1,3 milhão
Lançamentos

Porsche Cayenne Turbo GT de 640 cv chega com preço de R$ 1,3 milhão

Equipado com motor V8 biturbo, novo Porsche Cayenne Turbo GT faz de 0 a 100 km/h em 3,3 segundos e vem bater de frente com o Lamborghini Urus

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

13 de jun, 2022 · 6 minutos de leitura.

Porsche Cayenne Turbo GT
Porsche Cayenne Turbo GT bateu recorde da categoria no circuito alemão de Nürburgring
Crédito:Divulgação/Porsche

A Porsche acaba de lançar no Brasil o Cayenne Turbo GT, versão do SUV que mais se aproxima de um carro de corrida. Prova disso é o recorde obtido pelo modelo no tradicional circuito de Nürburgring, na Alemanha - que tem um traçado de aproximadamente 20 km. Ele fez a volta mais rápida dentre os SUVs grandes de luxo. Sua potência, claro, é maior e tem 640 cv. E agora o utilitário desembarca no País por nada menos que R$ 1,3 milhão.

Para conquistar essa marca inédita, o Cayenne Turbo GT vem equipado com um motor V8 biturbo de 4 litros. O SUV oferece 90 cv a mais de potência que na versão Turbo, e um torque parrudo de 86,5 mkgf. Para entregar tais números, o motor recebeu ajustes nos turbocompressores e no sistema de injeção direta de gasolina, por exemplo.

Divulgação/Porsche

A convite da Porsche, o Jornal do Carro esteve no Autódromo de Interlagos, zona sul da capital paulista, para ver de perto esse SUV que, segundo a marca, acelera de 0 a 100 km/h em 3,3 segundos - ou seja, apenas 1 décimo a menos que o Porsche 911 GT3. E podemos falar que ele não é brinquedo não! Acompanhado por um câmbio automático de 8 marchas e o sistema Porsche Traction Management (PTM), o novo Cayenne consegue alcançar uma máxima de 300 km/h. Números impressionantes levando em conta que o SUV pesa 2.220 kg.

Alterações importantes

Disponível apenas com quatro lugares, o SUV é 17 milímetros mais baixo que o Turbo GT. Portanto, passou por modificações no chassi para melhorar o desempenho. E o eixo traseiro direcional foi refinado, e entrega condução mais esportiva. De acordo com a marca alemã, a rigidez da suspensão foi aumentada em até 15%, bem como as características do amortecedor do Porsche Active Suspension Management (PASM). Outro ponto importante foi implementação do novo sistema de frenagem, que possui uma resposta mais rápida.



Visual de esportivo

Assim como os ajustes no conjunto mecânico, o Porsche Cayenne Turbo GT também tem novidades estéticas. A dianteira, por exemplo, tem uma nova saia e entradas de ar maiores no para-choques. Já nas laterais, o foco, com certeza, são as rodas de 22 polegadas com desenho exclusivo para a versão e um tom dourado. Aqui, ainda vale dizer que as rodas dianteiras são mais largas e que a cambagem negativa aumentou em 0,45 grau, o que resulta em uma maior área de contato, e traz maior equilíbrio dinâmico ao SUV.


Divulgação/Porsche

No entanto, é na traseira que ficam as principais alterações. Além do novo teto em fibra de carbono, que auxilia na redução de peso, há um novo spoiler e um aerofólio adaptável. No mais, o duplo escapamento - que conta com silenciador traseiro de titânio - foi realocado e, agora, encontra-se no centro do veículo.

Cabine de luxo

Por dentro, o Cayenne continua esbanjando luxo. Tanto os assentos, quanto as portas, volante e painel são revestidos com Alcantara. Além disso, os bancos esportivos dianteiros possuem oito posições e o nome "turbo GT" nos apoios de cabeças. O volante é esportivo multifuncional e essa versão do SUV oferece uma central multimídia mais atual, com 12,3 polegadas e conectividade sem fio para Android Auto e Apple Carplay.


Divulgação/Porsche

Como é de se esperar, o Cayenne Turbo GT possui todos os recursos de segurança já presentes no pacote de Porsche, como frenagem automática de emergência, assistente de permanência em faixa, controle de cruzeiro adaptativo (ACC), entre outros. No Brasil, a nova versão do SUV da Porsche vai concorrer com Lamborghini Urus e Aston Martin DBX, que têm potências semelhantes, mas são bem mais caros, com preços na faixa dos R$ 3 milhões.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se