Você está lendo...
Porsche Taycan ou Tesla Model 3? Estudo aponta os carros elétricos mais famosos
Mercado

Porsche Taycan ou Tesla Model 3? Estudo aponta os carros elétricos mais famosos

Com base no TikTok e no Instagram, pesquisa revela que procura por carros elétricos aumentou; lista tem desde SUVs a fastbacks

15 de jan, 2022 · 6 minutos de leitura.

Tesla Model 3 elétricos
Segundo a Jato, Tesla Model 3 é um dos grandes responsáveis pelo crescimento da Tesla
Crédito:Tesla/Divulgação

A popularidade dos veículos elétricos vem crescendo em todo o mundo, na mesma medida em que aumentam o número de opções no mercado e as vendas totais. Dentro desse contexto, a Quotezone, plataforma de comparação de preços de carros do Reino Unido, realizou um levantamento para saber quais são os carros elétricos mais famosos nas redes sociais.

A pesquisa tomou como base as menções no Instagram e no TikTok, analisando a quantidade de hashtags. Sem muita surpresa, a Tesla de Elon Musk ocupa os dois primeiros lugares da tabela. A diversidade impera a seguir, com modelos de oito marcas diferentes.

Além disso, o estudo também revelou que a frase ''melhores carros elétricos 2022'' cresceu cerca de 2,100% nas pesquisas do Google Trends. O que, sem dúvida, mostra o interesse cada vez maior nesse tipo de veículo.


recall
Porsche/Divulgação

Top 10

Disparado na frente, o Model 3 ocupa a primeira posição na lista dos carros elétricos mais populares. O fastback de luxo, que atingiu a marca de 1 milhão de unidades produzidas no ano passado, teve mais de 1,3 bilhão de compartilhamentos. Em segundo lugar aparece o Model S, que tem "apenas" 372 milhões de menções. Ou seja, 249,7% menos que seu irmão.



Logo depois, o Audi e-tron ocupa o terceiro lugar, com quase 168 milhões de menções. Sendo o primeiro SUV totalmente elétrico do ranking, o modelo recebeu 936,1% mais compartilhamentos que o XC40 Recharge da Volvo, que ficou em sétimo lugar nas pesquisas, com 16 milhões de ações.


A quarta posição ficou para o primeiro lançamento elétrico da Porsche: o Taycan. Com quase 93 milhões de hashtags, o esportivo da marca alemã representou bons números. No mais, modelos como BMW i3, Nissan Leaf e Ford Mustang March-E também fazem presença na lista.

Caoa Hyundai Ioniq
Hyundai/Divulgação

Fechando o ranking, temos uma dupla de sul-coreanos: Kia EV6 e Hyundai Ioniq. O Hyundai, por sinal, será o primeiro carro híbrido da marca vendido no Brasil. De acordo com as fontes, o modelo virá da Coreia do Sul, com lançamento ainda no primeiro semestre deste ano.


Confira a tabela completa:

  1. Tesla Model 3: 1,300,591,645
  2. Tesla Model S: 371,892,974
  3. Audi e-tron: 167,907,366
  4. Porsche Taycan: 92,971,382
  5. Ford Mustang Mach-E: 34,411,216
  6. Nissan Leaf: 23,141,917
  7. Volvo XC40 Recharge: 16,205,825
  8. BMW i3: 15,927,608
  9. Kia EV6: 13,813,314
  10. Hyundai Ioniq 5: 12,493,489

Vendas recordes no Brasil

Em alguns países do mundo já há uma data estabelecida para que se venda apenas carros elétricos. Na Noruega, será a partir de 2025; no Reino Unido, 2030. Já na União Europeia, o fim da venda de carros com motor à combustão deve acontecer em 2035.

No Brasil, o processo de eletrificação ainda está em fase inicial. O segmento de carros eletrificados representava menos de 1% das vendas totais de veículos até 2020. No entanto, em 2021, os emplacamentos subiram de escala, quase dobrando o volume desses modelos em relação ao ano anterior.

O recorde é reflexo dos muitos lançamentos feitos ao longo do ano. De acordo com a Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE), no acumulado até o mês de novembro, já são 30.445 carros elétricos e híbridos emplacados em solo brasileiro.


Elétricos e híbridos
Volkswagen/Divulgação

Para se ter ideia da força que a categoria ganhou, só em novembro foram 3.505 carros eletrificados, um volume que representa 2,1% do total de 161.027 veículos entregues no período, conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos (Fenabrave).

Diante disso, o carro elétrico virou realidade, e vários lançamentos estão a caminho. Em 2022, esse movimento vai ser ainda maior. Portanto, podemos esperar ainda mais do segmento.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se