Você está lendo...
Toyota revela 16 novos carros elétricos, incluindo picape e esportivos
Lançamentos

Toyota revela 16 novos carros elétricos, incluindo picape e esportivos

Toyota pretende lançar 30 veículos elétricos e híbridos até 2030; conceito mostrados pela marca japonesa incluem desde SUVs a esportivos

Jady Peroni, Especial para o Jornal do Carro

26 de dez, 2021 · 5 minutos de leitura.

Toyota
Toyota pretende lançar 30 modelos eletrificados até 2030
Crédito:Noriak Mitshhashi/Agência N-Rak

Mesmo com certa resistência, a Toyota entrou de vez no caminho da eletrificação. Recentemente, seu primeiro modelo com propulsão elétrica, o SUV bZ4X, estreou nos Estados Unidos. Agora, em uma nova ofensiva, a marca japonesa apresentou nada menos que 16 novos conceitos de carros elétricos. A nova gama inclui duas frentes de modelos. Uma delas contém apenas veículos de zero emissões de carbono (100% elétricos), enquanto a outra tem foco especial em modelos de baixas emissões (híbridos).

"A Toyota se concentrará em duas famílias de carros, aquelas com baixas emissões de CO2 e aquelas com zero emissões. Queremos oferecer soluções diferentes porque acreditamos que o futuro ainda tem muitas incógnitas e queremos estar prontos", afirmou o presidente da Toyota, Akio Toyoda, no evento "showroom do futuro".

Divulgação/Toyota

Assim, os planos da montadora não param por aí. De acordo o CEO, os 16 conceitos fazem parte de um planejamento estratégico para lançar 30 modelos até 2030. Além disso, outro objetivo é transformar a Lexus, sua divisão de luxo, em uma marca inteiramente formada por carros elétricos de zero emissões de carbono até o fim desta década.

De SUVs a ônibus

A principal meta da Toyota é atingir 3,5 milhões de vendas de veículos com configurações elétricas e híbridas. Entre os modelos previstos, estão SUVs, hatches, picapes, esportivos, sedãs, minivans, ônibus e furgões.

Dessa forma, a montadora vai investir US$ 18 bilhões na criação de novos carros e na tecnologia de baterias. Ou seja, algo como R$ 97 bilhões na conversão direta. Aqui, vale lembrar que, em novembro, a marca japonesa divulgou o investimento de cerca de U$ 3,4 bilhões em baterias automotivas nos Estados Unidos também até 2030.




Modelos novos e inspirações

Segundo a fabricante, alguns carros serão baseados em modelos já existentes da Toyota. Como é o caso, por exemplo, da picape Hilux. Contudo, também haverá novidades no mercado, com modelos da plataforma e-TNGA, caso do Toyota bZ4X.

Entre as propostas, está uma picape ''Pickup EV Toyota'', que lembra bastante a caminhonete Tacoma. Além disso, terá outras versões como uma picape Tundra eletrificada e modelos similares a Yaris Cross, Prius e, até mesmo, ao Corolla sedã.


Parceria com a BYD

Tal como contamos no Jornal do Carro, a Toyota está desenvolvendo um novo sedã elétrico para o mercado chinês em parceria com a montadora BYD. Essa não é a primeira vez que ouvimos falar dessa colaboração. No entanto, tudo indica que a marca japonesa está mesmo desenvolvendo seu Corolla elétrico com lançamento já para 2022.

Embora não tenhamos nenhuma confirmação das marcas até o momento, sabemos que a Toyota pode aproveitar, e muito, as baterias Blade da BYD. Isso porque, além de serem mais compactas e facilitarem o processo, essas baterias possuem fama de serem seguras e vão reduzir os custos de produção dos modelos no país oriental.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se