Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

29/01/2021 - 4 minutos de leitura.

Primeira unidade do híbrido Lamborghini Sián é de um brasileiro

Com garagem dos sonhos em Londres, empresário brasileiro pagou mais de R$ 22 milhões e ficou quase dois anos esperando pelo Lamborghini Sián

Empresário brasileiro é o dono da unidade de número "1" do supercarro Lamborghini Sián Crédito: Lamborghini/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Ferrari Portofino, Lamborghini Aventador S e McLaren Senna. Estes são três dos superesportivos que o brasileiro Henrique Grossi possui em sua garagem em Londres, onde vive. Contudo, mais uma joia sobre rodas chegou à casa do empresário: trata-se da unidade de número 1 do Lamborghini Sián, o primeiro híbrido da marca do touro.

Grossi não é qualquer cliente. Ele está na lista VIP da montadora. O brasileiro é casado com a bilionária Camila de Godoy Bueno, herdeira do Grupo Amil. Não por acaso, foi um dos primeiros a ver pessoalmente o Sián. Assim, a marca italiana o convidou para conhecer o supercarro em primeira mão antes mesmo de o revelar no Salão de Frankfurt de 2019.

Lamborghini Sián
Lamborghini/Divulgação

Passeio de jato particular

Com preço de 3 milhões de libras esterlinas, o equivalente a mais de R$ 22,5 milhões, o Lamborghini Sián terá produção reduzida. Só 63 unidades do cupê serão fabricadas. Com fabricação artesanal, o superesportivo levou, portanto, quase dois anos para ficar pronto. Mas Grossi escolheu cada detalhe, incluindo a pintura cinza com detalhes em vermelho.

No fim de 2020, a Lamborghini convidou o brasileiro para ir até a fábrica de Sant’Agata Bolognese, na Itália, ver o seu novo “brinquedo”. Assim, Grossi embarcou em seu jato particular Gulfstream G550, que leva 8 passageiros e custa mais de US$ 40 milhões. E convidou Yianni Charalambous, um customizador de carros, que registrou o passeio no vídeo abaixo.

0-100 km/h em 2,8 segundos

Para celebrar a chegada do Lamborghini Sián, Grossi produziu uma sessão de fotos com o cupê em pontos turísticos londrinos. Um deles foi o famoso Big Ben. O modelo é um dos três exemplares do superesportivo que estão na Inglaterra. Mas o empresário brasileiro ainda terá outra unidade nos Estados Unidos, para passear quando estiver em Miami.

Lamborghini Sián
Lamborghini/Divulgação

Além do design de forte personalidade, o Lamborghini Sián tem como destaque o conjunto mecânico híbrido. O cupê traz o motor 6.5 litros V12 aspirado a gasolina capaz de despejar 785 cv de potência e colossais 77,5 mkgf de torque. O motor V12 trabalha associado a outro elétrico de 34 cv, que ajuda a produzir um total de 819 cv.

Com este conjunto, o Sián acelera de zero a 100 km/h em 2,8 segundos. E chega próximo de 350 km/h, segundo a Lamborghini. Entretanto, o supercarro híbrido da Lamborghini não oferece modo elétrico. O modelo traz uma bateria de 48 Volts que funciona como um capacitor. Dessa forma, alimenta o motor elétrico, que entrega cavalos a mais.



Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais