Você está lendo...
Segredo: novo Citroën C3 terá versão de entrada ‘pelada’ e barata
Notícias

Segredo: novo Citroën C3 terá versão de entrada ‘pelada’ e barata

Hatch da Citroën já está em produção na fábrica de Porto Real (RJ) e chega às lojas em maio com preços agressivos e motor emprestado da Fiat

Diogo de Oliveira

06 de abr, 2022 · 5 minutos de leitura.

Citroën
Citroën C3 deve ter motores 1.6 e 1.0 Firefly
Crédito:16 Valvulas/Reprodução

A poucos dias do lançamento, surgem mais novidades sobre a nova geração do Citroën C3. Ela estreia neste mês de abril, com entregas a partir de maio. Tal como o Jornal do Carro aposta desde a revelação, em setembro de 2021, o hatch compacto virá com preço inicial acessível. E pretende disputar as primeiras posições do ranking dos carros mais vendidos.

Nesse sentido, o Autos Segredos confirmou que o novo C3 terá uma versão de entrada ?pelada?, com lista de equipamentos super enxuta e preço para bater com os modelos como, por exemplo, Chevrolet Onix, Fiat Argo e, principalmente, o Hyundai HB20. Esta versão deverá ter o motor 1.0 Firefly flex e câmbio manual de cinco marchas, mesmo conjunto do Argo.

Novo Citroën C3
Citroën/Divulgação

Versão hiperbásica

Ou seja, esqueça o modelo das fotos desta reportagem. Para ter preço inferior a R$ 70 mil, o novo Citroën C3 descartará vários recursos. Inclusive a multimídia de 10 polegadas no topo do painel. Por fora, conforme apurou o jornalista Marlos Ney Vidal, do Autos Segredos, a versão de entrada Live vai descartar pintura em duas cores, rack e até o limpador do vidro traseiro.

Ainda por fora, terá os puxadores de porta na cor preta (sem pintura) e virá com rodas de aço de 15 polegadas cobertas com calotas. Sob o capô, ainda não está confirmado, mas a expectativa é pela adoção do conjunto mecânico do Fiat Argo Drive. Ou seja, motor 1.0 Firefly flex de três cilindros, até 77 cv de potência e 10,9 mkgf de torque.

Citroën/Divulgação

70 mil carros por ano

A situação atual da Citroën no Brasil é a pior desde que a marca se instalou no País. Isso explica porque a francesa tem só um carro à venda no momento - o SUV compacto C4 Cactus. No 1º trimestre de 2022, teve 5.500 unidades emplacadas. Mas o novo C3 vem para mudar essa história. A Citroën planeja produzir cerca de 70 unidades por ano do compacto.



Ou seja, grande parte desse volume será destinado ao mercado brasileiro. E outra parte irá para a Argentina, onde o novo Citroën C3 chegará logo após estrear aqui. Para além do preço e da estratégia mais agressiva, o modelo apostará no estilo de SUV, com desenho mais vertical - e dianteira e traseira altas. O estilo terá o padrão mais recente da francesa.

Novo Citroën C3
Citroën/Divulgação

Primeiro de três modelos inéditos

Para dar um salto na participação de mercado, tal como desejam os chefes do grupo Stellantis, a Citroën terá mais produtos. O novo C3 fará a estreia da plataforma modular CMP (Common Modular Platform). A base é uma versão simplificada da arquitetura dos modelos europeus, e dará origem a outros dois carros - o novo Aircross, bem como um sedã inédito.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Fiat Pulse Drive 1.0 Turbo 200
Oferta exclusiva

Fiat Pulse Drive 1.0 Turbo 200