Você está lendo...
Strada, HB20 e T-Cross lideram vendas em março; veja o ranking
Mercado

Strada, HB20 e T-Cross lideram vendas em março; veja o ranking

Com alta em relação a fevereiro, março teve mais de 9 mil carros emplacados em um único dia; veja o ranking dos modelos mais vendidos no mês

Diogo de Oliveira

05 de abr, 2022 · 8 minutos de leitura.

vendas VW T-Cross
Volkswagen T-Cross é o SUV mais vendido de 2022 no primeiro semestre
Crédito:Volkswagen/Divulgação

Com mais de 9 mil emplacamentos apenas no dia 31, o mês de março fechou com recuperação nas vendas de veículos novos. Ao todo, foram 134.904 automóveis e comerciais entregues, alta de 9,65% na comparação com fevereiro, que somou 123.035 unidades (mas com menos dias úteis). Dessa forma, março teve alterações no ranking dos mais vendidos, com quatros SUVs e duas picapes no "top 10".

A Fiat Strada continua a liderar as vendas gerais, seguida pelo Hyundai HB20, que se mantém como o carro de passeio mais vendido do País em 2022 - ele foi líder em 2021. Já entre os SUVs, o T-Cross se mantém no topo do ranking, à frente da dupla Renegade e Compass, da Jeep, e do Hyundai Creta. Inclusive, o SUV compacto da Volkswagen foi o veículo mais vendido no varejo.

Entretanto, a situação não anda nada boa para a alemã, que despencou e aparece apenas como 5ª colocada, atrás de Toyota (3ª) e Hyundai (4ª). Isso tanto em março quanto no acumulado de 2022. Já a Fiat continua líder absoluta, com a General Motors na 2ª posição ainda buscando se reerguer diante da (latente) crise dos chips. Na sequência, vem Jeep, Renault, Honda, Nissan e Caoa Chery.


0-km
Fábrica da Chevrolet em Gravataí (RS) foi uma das mais afetadas pela falta de chips (Divulgação)

Trimestre difícil

Apesar da recuperação em março, as vendas de modelos 0km no 1º trimestre ficaram aquém do esperado. Na comparação com março de 2021, por exemplo, a queda é de 23,8%. Ou seja, há um ano, mesmo com a crise sanitária no seu pico de infecções e mortes por Covid-19, foram entregues 177.080 veículos no País. Assim, o trimestre ficou muito abaixo da expectativa, com queda de 24,7%.

Dois motivos levaram a esse cenário. O primeiro deles, e o mais impactante, é a crise no abastecimento de componentes, sobretudo semicondutores. Eles continuam escassos, e, por isso, algumas fábricas tiveram de desligar as máquinas e suspender a produção. A Volkswagen talvez seja a mais afetada pela falta de chips neste início de ano. Modelos como Gol, Voyage e Saveiro estão em falta.


Outros dois fatores que pesam sobre o mercado em 2022 são a Guerra na Ucrânia, com impacto na cadeia industrial, e o encarecimento dos combustíveis. Segundo José Maurício Andreta Jr, presidente da Fenabrave, a associação dos concessionários, a alta nos preços dos combustíveis "impacta na decisão de compra dos consumidores e, portanto, reflete no desempenho do setor?, esclarece.

ranking mais vendidos Strada
Picape Fiat Strada mantém a liderança geral do mercado brasileiro em 2022 (Divulgação)

Ranking: os 25 carros mais vendidos de março

Abaixo, a lista dos modelos mais vendidos em março, com mudanças. Por exemplo, o Jeep Renegade, que começou muito bem o ano, trocou de motores e de linha, e caiu no ranking. No último mês, foi apenas o 14º mais emplacado. Mas o que chama a atenção é o domínio dos utilitários: são cinco SUVs e duas picapes no "top 10", com Strada, T-Cross, Tracker, Compass, Corolla Cross e Creta.


Outro detalhe é o desempenho dos últimos lançamentos. O SUV Fiat Pulse, por exemplo, vendeu quase o mesmo que o Renegade, e ficou com a 15ª colocação. Já o Renault Kwid, carro mais barato do País atualmente, foi só o 16º do ranking, mesmo com visual renovado e novos conteúdos. Por fim, o novo Honda City começa a aparecer com volumes parecidos para hatch e sedã. Veja:

  • 1º) Fiat Strada - 7.567
  • 2º) Hyundai HB20 - 6.908
  • 3º) Fiat Mobi - 6.581
  • 4º) Volkswagen T-Cross - 6.549
  • 5º) Chevrolet Onix - 5.421
  • 6º) Chevrolet Tracker - 4.748
  • 7º) Jeep Compass - 4.724
  • 8º) Fiat Toro - 4.442
  • 9º) Toyota Corolla Cross - 4.318
  • 10º) Hyundai Creta - 4.238
  • 11º) Toyota Corolla sedã - 4.196
  • 12º) Chevrolet Onix Plus - 4.179
  • 13º) Toyota Hilux - 3.971
  • 14º) Jeep Renegade - 3.789
  • 15º) Fiat Pulse - 3.650
  • 16º) Renault Kwid - 3.585
  • 17º) Volkswagen Nivus - 3.154
  • 18º) Fiat Argo - 3.078
  • 19º) Nissan Kicks 2.569
  • 20º) Chevrolet S10 - 2.563
  • 21º) Peugeot 208 - 2.307
  • 22º) Hyundai HB20S - 2.304
  • 23º) Toyota Yaris hatch - 2.085
  • 24º) Fiat Fiorino - 2.017
  • 25º) Honda City sedã - 1.992


Ranking: a disputa entre as marcas em março

Da mesma forma, o ranking das marcas apresentou novidades em março. Fiat e GM continuam a dominar as vendas, mas a Volkswagen, que sempre brigou pela liderança, foi abatida pela falta de chips e também pelas leis de emissões mais severas do Proconve L7, que afetam modelos mais antigos, como o Gol. Assim, está atrás da Toyota, que vai bem com os Corollas sedã e Cross, e da Hyundai, com HB20 e Creta.

Já na segunda parte da lista, a situação é boa para a Caoa Chery, que se estabeleceu no "top 10", com vantagem sobre a Peugeot, que vem em uma crescente. Já a Ford vive dias inglórios após fechar suas fábricas no País. A marca do oval azul aparece na 13ª colocação em março, atrás, portanto, da Mitsubishi e quase empatada com a alemã BMW. Já a Citroën aguarda ansiosamente a estreia do novo C3.


1º) Fiat - 28.981 (21,48%)
2º) General Motors - 19.208 (14,24%)
3º) Toyota - 16.995 (12,60%)
4º) Hyundai - 14.226 (10,55%)
5º) Volkswagen - 12.758 (9,46%)
6º) Jeep - 10.351 (7,67%)
7º) Renault - 8.381 (6,21%)
8º) Honda - 4.692 (3,48%)
9º) Nissan - 4.036 (2,99%)
10º) Caoa Chery - 3.171 (2,35%)
11º) Peugeot - 3.100 (2,30%)
12º) Mitsubishi - 1.731 (1,28%)
13º) Ford - 1.298 (0,96%)
14º) BMW - 1.234 (0,91%)
15º) Citroën - 1.177 (0,87%)

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião