Mercado

Stellantis vai fazer picape RAM inédita no Brasil para brigar com Hilux e S10

Bem maior que a Fiat Toro, nova picape da RAM terá chassi em monobloco e será feita no Brasil. Lançamento está previsto para 2024

Diogo de Oliveira, Especial para o Estado

09 de abr, 2021 · 4 minutos de leitura.

RAM 1500" >
Stellantis trabalha atualmente no Projeto 291, que dará origem a uma inédita picape média da RAM a ser produzida em Pernambuco até 2024
Crédito:RAM/Divulgação

Depois de apostar alto nos SUVs da Jeep, chegou a vez da RAM. A Stellantis está desenvolvendo uma nova picape média da marca do cabrito montês para rivalizar com medalhões como Chevrolet S10 e Toyota Hilux. O inédito modelo terá chassi em monobloco e será feito no Brasil, com estreia prevista para 2024. As informações são do Autos Segredos.

Internamente, a Stellantis trata o novo produto como “Projeto 291”. Segundo o Autos Segredos, a inédita picape será razoavelmente maior do que a Fiat Toro, para disputar vendas com as médias. Mas nascerá da base em monobloco Small Wide, bem como terá visual semelhante ao da RAM 1500, que estreou no começo deste ano no Brasil.

Lançamento previsto para 2024

Embora o “Projeto 291” já esteja em andamento, a picape nacional da RAM ainda vai demorar a chegar. Assim, previsão é de que o modelo chegue somente em 2024. A produção será na fábrica de Goiana, em Pernambuco, onde são produzidos atualmente os SUVs Renegade e Compass, da Jeep, além da picape Toro, da Fiat.

RAM 1500
RAM/Divulgação

Assim, a nova picape será o sexto modelo da unidade pernambucana da Stellantis. No fim deste ano, a Jeep vai lançar o Commander, seu SUV de 7 lugares baseado no novo Compass. Depois, a Fiat vai lançar o SUV da Toro, que surgiu no Salão de São Paulo de 2018 com o conceito Fastback. Este será o SUV-cupê da Fiat.

Primeira picape RAM nacional

Segundo o Autos Segredos, a picape do Projeto 291 será o primeiro modelo nacional da RAM. O nome não está definido, mas há chances de a marca adotar a alcunha RAM 1250, dentro da escala atual, que começa na RAM 750 (derivada da Fiat Strada) e segue com a RAM 1000 (que é a Toro). Contudo, esta é apenas uma possibilidade no momento.

1500
RAM/Divulgação

Uma possibilidade mais remota, porém nostálgica, seria resgatar o nome Dakota, que batizou a picape média produzida no Paraná entre o fim dos anos 1990 e o início dos anos 2000. O modelo usava o escudo da Dodge, que, nos últimos anos, passou a fazer apenas muscle-cars, e deixou as picapes para a RAM, e os SUVs para a Jeep.

Só motor a diesel e tração 4×4

De acordo com o Autos Segredos, a futura picape nacional da RAM terá só motor a diesel. Entretanto, não está definido qual será a mecânica. A Stellantis vai lançar em breve a atualização do 2.0 turbo usado nas versões 4×4 de Compass, Renegade e Toro. Este motor é a escolha mais óbvia, sobretudo com o ganho de potência, que vai superar os 200 cv.



O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se