Você está lendo...
Locação e assinatura de motos de alta cilindrada já é realidade no Brasil
Notícias

Locação e assinatura de motos de alta cilindrada já é realidade no Brasil

Motos podem ter assinatura de 12 meses ou por um fim de semana; modelos vão de Honda CB 500F a Triumph Tiger 900 GT e BMW R 1250 GS

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

31 de mar, 2022 · 6 minutos de leitura.

motos
Tiger 900 Rally PRO está no catálogo de motos de alta cilindrada disponíveis para aluguel ou asssinatura
Crédito:Triumph/Divulgação

Como dizem por aí: "a nova geração vai ter tudo, mas não será dona de nada". Prova disso é que muita gente abriu mão do sonho da casa própria e mesmo da compra do carro novo, tão comum alguns anos atrás. E, com isso, o mercado de assinaturas continua a crescer. Agora, é realidade também no segmento de motos, inclusive com modelos de alta cilindrada.

Conforme você viu no Jornal do Carro, a Unidas já aluga o scooter elétrico EV1 Sport, da Voltz. Mas, se você prefere o ronco dos motores a combustão, ou não tem condições ou coragem de comprar um "motão", mas sonha em acelerar um modelo desses, saiba que já tem planos de assinatura de motos de alta cilindrada de marcas como Honda, BMW e Triumph.

Honda CRF 1100 Africa Twin
Honda/Divulgação

Na Rox Moto, por exemplo, a modalidade "Smart Rental" oferece aluguel de motos por longo prazo. Tem planos de 12 meses com valores que partem de R$ 890 mensais. Nessa mensalidade, o cliente roda 5 dias e 1.200 km mensais. Caso o contratante não use, os períodos ou a quilometragem contratados ficam acumulados.

Entretanto, as diárias não utilizadas não acumulam. De acordo com a empresa, se retirar a moto na quinta-feira e devolver na segunda-feira, e rodou 500 km, terá 700 km de crédito de quilometragem. Todavia, a diária de segunda a terça-feira não é cumulativa. Em síntese, o cliente pode retirar a moto 12 períodos no ano e usar até 14.400 km.



Preços

De acordo com a empresa, o trabalho segue em fase de expansão. Por ora, o plano Smart Rental está disponível na capital paulista, em Campinas (SP) e Belo Horizonte (MG). E os preços para o aluguel de motos entre 500 cc e 1250 cc vão de R$ 891 a R$ 2.241.


motos
Honda/Divulgação

Entre os modelos disponíveis estão desde Honda CB 500F, até as Triumph Tiger 900 GT e Tiger 1200 Desert Edition, e BMW R 1250 GS. Esta última é a mais cara do grupo. Todas têm retirada na quinta-feira e devolução na terça-feira de cada semana. Como benefícios, o cliente evita contratempos e gastos extras com documentação, seguro e manutenção, todos inclusos.

bmw gs
BMW/Divulgação

Triumph tem aluguel direto da fabricante

A Triumph é a primeira fabricante de motocicletas premium do Brasil a oferecer um serviço próprio de locação de motocicletas da marca diretamente em suas concessionárias. De olho no público que queira fazer uma viagem com os amigos, ou mesmo quem quer pilotar uma Triumph pela primeira vez ou tenha deixado a própria moto na revisão, o programa Triumph Rental está disponível nas unidades JK e Autostar (São Paulo, capital), Triple Triumph (Campinas) e Triumph BH (Belo Horizonte).

O serviço, operado pela Triumph Riding Experience (TRX), que é especializada em promover experiências com clientes da marca inglesa, tem frota diversificada. Todas têm seguro total (cobertura contra terceiros, roubos, furtos e colisão), e assistência 24 horas.

O modelo mais acessível é a clássica Bonneville T100, cuja locação tem preço de R$ 382 por uma diária com 250 km. Pelo fim de semana completo (sexta-feira a segunda-feira), o cliente pode rodar 1.050 km com uma Tiger 900 Rally PRO por R$ 1.785. O pagamento pode ser feito em até 12 parcelas sem juros no cartão de crédito.


motos
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

Direitos e deveres

O plano estabelece limite de 900 km por fim de semana. De acordo com a empresa, haverá cobrança por quilômetro excedido. O contrato tem seguro contra terceiros, roubo e furto.

Como requisitos, o interessado precisa ter mais de 25 anos, habilitação para pilotar motos (categoria A) há pelo menos a 1 ano, bem como utilizar capacete, luvas e todos os equipamentos de proteção. O cartão de crédito deve ter limite disponível para pré-autorização. No dia da retirada, será necessário bloqueio de R$ 5.000 - referentes à possíveis danos à motocicleta. Na devolução, o valor é estornado.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se