Você está lendo...
SUV do Kwid, Renault Kiger surge em teaser
Notícias

SUV do Kwid, Renault Kiger surge em teaser

Utilitário pequeno feito para mercados emergentes será revelado em breve na índia; Renault Kiger usa a plataforma alongada do Kwid, tal como o Nissan Magnite

Diogo de Oliveira, special para o Estado

17 de nov, 2020 · 5 minutos de leitura.

Vídeo divulgado nas redes sociais mostra detalhes do inédito e pequeno Renault Kiger
Crédito:Renault/Divulgação

A Renault da Índia publicou nesta segunda-feira (16) um vídeo que mostra o SUV Kiger pela primeira vez. Nos 11 segundos de duração é possível ver os faróis, o aerofólio traseiro no teto e um pedaço da lateral que revela apenas o contorno das lanternas. O título convida o espectador para uma nova aventura. Trata-se do novo SUV abaixo de 4 metros, feito sobre a plataforma do Renault Kwid.

O Kiger está sendo desenvolvido na Índia, mas servirá aos chamados mercados emergentes, grupo que incluí o Brasil. A plataforma CMF-A+ é uma versão alongada da arquitetura modular do pequeno Kwid. O que significa que o inédito SUV será um pouco maior e mais alto que o subcompacto. O Kiger ficará posicionado na gama abaixo do Duster. Esta é a categoria que mais cresce por lá.


Menor que um Ecosport

Conforme mostra o vídeo, o Renault Kiger aparecerá primeiro como conceito. Isso explica o visual futurista e extravagante, com LEDs contínuos nos faróis e na grade iluminados em duas cores (branco e verde). Até as maçanetas aparecem iluminadas com LEDs, algo que dificilmente estará no modelo final. A produção terá início a partir de 2021.

Em termos de tamanho, o Renault Kiger será um pouco menor que o Ford Ecosport, por exemplo. O comprimento ficará abaixo do limite indiano de 4 metros, o que garantirá menor taxação ao modelo. Essa regra só vale na Índia, mas as vendas crescentes fizeram surgir muitos SUVs pequenos, como Hyundai Venue e o Nissan Magnite, que também usa a base CMF-A+.

Renault Kiger será revelado ainda como carro-conceito (Renault/Divulgação)

Parceira da Renault, a Nissan revelou recentemente detalhes do Magnite. O ?mini Kicks? está cotado para ganhar produção na fábrica de Resende (RJ) a partir de 2022. Os rumores de que o modelo virá ao Brasil cresceram sobretudo depois que a marca japonesa encerrou a produção do hatch March sem ter um substituto.

Isso naturalmente aumenta as chances de a Renault trazer o Kiger.

Kiger será posicionado abaixo do Duster (Renault/Divulgação)

Motores aspirado e turbo

Por ora a Renault ainda não divulgou dados técnicos do Kiger. Mas sabemos que o pequeno utilitário terá na Índia motor 1.0 3-cilindros a gasolina em versões aspirada e turbo. A base terá o tricilíndrico de 72 cv de potência e câmbio manual, enquanto o topo virá equipado com o 1.0 turbo de 100 cv e câmbio automático do tipo CVT.

Entre os conteúdos, é esperado que o Renault Kiger venha completo desde a versão básica. Haverá airbags frontais e laterais, direção elétrica, ar-condicionado, vidros, espelhos e retrovisores elétricos, Isofix, cintos de três pontos para os cinco ocupantes, e freios ABS com EBD e controle de tração. A lista terá também itens como central multimídia conectada, volante com comandos e chave presencial com acionamento do motor por botão.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se