Você está lendo...
SUV elétrico da Jeep será menor que o Renegade; um primo do novo C3?
Notícias

SUV elétrico da Jeep será menor que o Renegade; um primo do novo C3?

Novo SUV da Jeep terá porte de Citroën C3, plataforma de Peugeot 208 elétrico e visual que mistura Renegade e Compass; lançamento será em 2023

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

02 de mar, 2022 · 5 minutos de leitura.

Jeep elétricos
Ainda sem nome definido, SUV será o primeiro modelo da Jeep a nascer com pegada elétrica
Crédito:Jeep/Divulgação

A Stellantis revelou nesta semana o seu plano de eletrificação. No evento comandado pelo CEO, Carlos Tavares, o grupo mostrou alguns dos próximos lançamentos. Eis que, então, surgiu um SUV elétrico da Jeep. A promessa é lançar o utilitário já no começo do ano que vem. Mas o que chamou atenção foi o porte do modelo, que será menor que o Renegade.

Ainda sem um nome definido, o jipinho elétrico deve, portanto, concorrer no promissor segmento de mini SUVs urbanos, que aguarda a chegada do novo Citroën C3. Por sinal, acredita-se que o Jeep elétrico, assim como o primo da marca francesa, terá menos de 4 metros de comprimento. Por ora não há detalhes técnicos, mas eles podem ter mais em comum.

Isso porque o SUV movido a baterias da Jeep pode nascer sobre a nova plataforma modular SLTA Small. Trata-se da evolução da base e-CMP, dos Peugeot e-208 e e-2008. Todos, portanto, membros da Stellantis.


Visual

Por enquanto, a única informação sobre o futuro SUV elétrico da Jeep são as imagens divulgadas. A dianteira segue os demais modelos da marca, com a grade de sete fendas e a carroceria musculosa e alta. Tem ainda capô plano e até o adesivo preto ao centro (como nas versões Trailhawk do Compass e do Renegade). Mas há elementos novos no desenho.

O conceito tem os faróis retangulares que se unem à grade e trazem barras de LEDs diurnos. O para-choques apresenta linhas mais sóbrias, mas cereja do bolo fica com a grade que, apesar de manter as tradicionais sete fendas, é totalmente fechada. Afinal, o motor elétrico não precisa de refrigeração. De frente, o visual lembra um pouco o Renegade.

Jeep/Divulgação

Já nas laterais, o utilitário elétrico lembra mais o Compass que o Renegade, especialmente no formato das janelas, do teto e das caixas de rodas. Destaque também para as maçanetas embutidas na coluna C. Na traseira, as lanternas têm o miolo com LEDs que formam um "X", tal como no novo Renegade. Entretanto, elas têm molduras negras que invadem a tampa do porta-malas, bem como o vidro traseiro mais inclinado. Por enquanto, não há imagens do interior do Jeep elétrico.



Mais modelos

O lançamento do mini Renegade elétrico está confirmado para o ano que vem, mas não será o único. A Stellantis quer liderar a redução das emissões de carbono e, para isso, confirmou que a família de elétricos ganhará outros modelos até 2025.

Além de um segundo SUV da marca Jeep, o grupo vai lançar uma picape elétrica da RAM, um muscle car da Dodge e um crossover da Chrysler. A América do Sul e Brasil ganharão os novos elétricos, porém, a Stellantis vai focar mais nos híbridos por aqui. A começar pelas versões 4xe de Compass e Renegade, que deverão ganhar sistema flex, tal como fez a Toyota.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Jeep Compass Longitude T270
Oferta exclusiva

Jeep Compass Longitude T270