Você está lendo...
SUV Fiat Pulse terá motor 1.0 turbo de 130 cv e vai de zero a 100 km/h em 9,4 segundos
Lançamentos

SUV Fiat Pulse terá motor 1.0 turbo de 130 cv e vai de zero a 100 km/h em 9,4 segundos

Novo motor 1.0 turbo flex da Stellantis vai estrear no SUV Fiat Pulse com o câmbio automático CVT que simula 7 marchas; conjunto faz 14,6 km/l

Diogo de Oliveira

08 de out, 2021 · 5 minutos de leitura.

turbo
Fiat Pulse será lançado neste mês com motor 1.0 turbo flex e câmbio automático CVT
Crédito:Fiat/Divulgação

Restando poucos dias para o lançamento do SUV compacto Pulse, a Fiat revelou os aguardados números de desempenho do novo motor 1.0 turbo flexível que servirá aos modelos do grupo Stellantis. Pois tal como era esperado, o tricilíndrico com turbo será o mais potente do tipo no mercado, com até 130 cv de potência máxima com etanol.

O número declarado pela marca italiana supera, portanto, o 1.0 turbo flex da Volkswagen, que gera 128 cv com o combustível vegetal. Mas com gasolina no tanque, o 1.0 turbo da Stellantis também supera o rival - e com alguma folga. São 125 cv de potência máxima contra 116 cv no motor da marca alemã, disponível nos modelos Polo, Virtus, Nivus e T-Cross.

Entretanto, os motores entregam o mesmo torque. São 20,4 mkgf com ambos os combustíveis, o equivalente a 200 Nm, numeral que indica a presença deles - "200 TSI" na VW, "Turbo 200" na Stellantis. Seja como for, o 1.0 turbo da italiana entrega o torque máximo mais cedo, a partir de 1.750 rpm. No rival, os 20,4 mkgf surgem aos 2.000 rpm.


Fiat Pulse 1.0 turbo
Fiat/Divulgação

Aceleração de zero a 100 km/h

Além de mais potente, o Fiat Pulse com o novo 1.0 turbo flex também será o mais rápido na aceleração de zero a 100 km/h. Segundo a marca italiana, o SUV compacto leva 9,4 segundos. Para comparação, o Volkswagen Nivus, seu principal concorrente, leva 10 segundos para arrancar até os 100 km/h. O Pulse é mais ligeiro até que o Polo, que faz a aceleração em 9,6 s.



Consumo

A Fiat também anunciou os números de consumo do SUV Pulse equipado com o motor 1.0 turbo. Abastecido com gasolina, o utilitário tem médias de 12 km/l na cidade, e de 14,6 km/l na estrada. Segundo a marca italiana, dentre os SUVs com câmbio automático, o Pulse será o mais econômico. Entretanto, a Fiat ainda não divulgou os dados com etanol no tanque.


Fiat Pulse 1.0 turbo
Fiat/Divulgação

Novo câmbio CVT

Além de estrear o motor 1.0 turbo, o Fiat Pulse contará com o novo câmbio automático do tipo CVT. A transmissão é da japonesa Aisin e simula sete marchas virtuais, bem como oferece três modos de condução. O padrão é o modo automático, que ajusta o câmbio conforme o estilo de condução do motorista e a pressão feita no pedal do acelerador.

Além deste, há o modo manual, em que o condutor pode fazer as trocas de marcha pela alavanca ou utilizando as borboletas atrás do volante. E, por fim, há o modo Sport, que faz alguns ajustes para deixar a condução um pouco mais esportiva. Neste modo, as relações de marcha, por exemplo, são alongadas, para deixar o motor girar um pouco mais alto.


Fiat Pulse 1.0 turbo
Fiat/Divulgação

Conforme explica a Fiat, o modo Sport atua na direção, no controle de estabilidade, no mapeamento do acelerador e também altera o tempo de resposta e de troca de marchas. Outro detalhe interessante é que o novo câmbio CVT usa óleo lubrificante "for life". Ou seja, que não exige troca ao longo de toda a vida útil do veículo, o que, segundo a Fiat, aumenta a durabilidade e reduz o custo de manutenção.

O lançamento do novo Fiat Pulse será no dia 19 de outubro.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Fiat Pulse 1.0 Turbo
Oferta exclusiva

Fiat Pulse 1.0 Turbo