Você está lendo...
Tesla Cybertruck tem fila de espera equivalente à população de Goiânia
Mercado

Tesla Cybertruck tem fila de espera equivalente à população de Goiânia

Picape elétrica da Tesla alcança a marca de 1,5 milhão de reservas. Agora, a Cybertruck só precisa ficar pronta para ganhar produção em 2023

João Del Arco, Especial para o Jornal do Carro

29 de nov, 2022 · 3 minutos de leitura.

Publicidade

assinatura Tesla Cybertruck
Tesla Cybertruck tem carroceria de aço inox, mas enferruja
Crédito:Tesla/Divulgação

Uma Tesla Cybertruck para cada habitante de Goiânia. Já pensou? Isso seria possível por dois motivos. Primeiro, a capital de Goiás é famosa por seus consumidores fiéis de picapes de todos os tamanhos. Segundo, a picapona elétrica da marca do bilionário Elon Musk bateu a expressiva marca de 1,5 milhão de reservas. É praticamente o mesmo número de habitantes de Goiânia, segundo dados do IBGE de julho de 2021.

Mas tem um detalhe: apresentada em 2019, a picape ainda não ganhou as ruas do mundo (muito menos as de Goiânia!). A promessa, agora, é que isso aconteça no ano que vem. Entretanto, isso significará uma terceira revisão nos planos de Musk, já que a data inicial de lançamento da Cybertruck era em 2021. Depois, passou para 2022, e, agora, para 2023.



Tesla Cybertruck
Tesla/Divulgação

Publicidade


Com pré-reserva ao preço de US$ 100 (o equivalente a R$ 538), a Tesla arrecadou até agora cerca de US$ 150 milhões. Essa quantia vai entrar na conta nada barata da construção da linha de montagem exclusiva para a exótica picape, com excentricidades como carroceria em aço-inox, que suporta disparos de uma pistola 9mm, por exemplo. Bem como versões com três motores elétricos, capazes de fazê-la atingir os 100 km/h em menos de 3 segundos.

No entanto, é bom a Tesla se apressar. Concorrentes tradicionais como Ford e General Motors - com F-150 Lightning e GMC Hummer EV, respectivamente - bem como a "novata" Rivian, com sua R1T, primeira picape 100% elétrica à venda nos EUA, ganharam a dianteira no segmento em que a Cybertruck prometia ser pioneira. Será que dá tempo de uma virada da Tesla?

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

Deixe sua opinião