Você está lendo...
Toyota lança serviço de assinatura de carros seminovos; veja os preços
Mercado

Toyota lança serviço de assinatura de carros seminovos; veja os preços

Nova modalidade de assinatura da Toyota, Kinto One Personal tem seminovos com mensalidades em média 25% mais baratas que nos carros novos

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

25 de jul, 2022 · 6 minutos de leitura.

assinatura
Todos os modelos têm cobertura completa e todas as revisões feitas na rede autorizada
Crédito:Toyota/Divulgação

Desde 2020, os serviços de assinatura de veículos ganharam força entre as montadoras. Basicamente, a modalidade é uma alternativa para quem quer um carro novo, mas prefere alugar e não ter de se preocupar com manutenção, seguro, IPVA e afins - todos inclusos no valor da mensalidade. Agora, para oferecer preços mais acessíveis, os seminovos chegam ao serviço de assinatura de carros da Toyota, por meio do Kinto One Personal.

assinatura
Toyota/Divulgação

Faz dois anos que a Toyota lançou o serviço de carro por assinatura no Brasil. Entretanto, de início, o negócio chegou para um público restrito. Só em setembro de 2021 a japonesa passou a oferecer a modalidade para o público geral, tal como já faziam outras marcas, como Ford, Jeep e Volkswagen, por exemplo.


Assim como no mercado de novos, as pessoas físicas que quiserem assinar um Toyota seminovo podem optar por planos de 12 ou 24 meses. Todos os carros têm baixa quilometragem, promete a marca, em comunicado - no máximo, 40 mil km para veículos de passeio e 80 mil km para picapes. Cabe ressaltar que os veículos oferecidos são carros de frotas de empresas que foram devolvidos após fim de contrato. Ficam, portanto, disponíveis em concessionárias autorizadas ou por meio do site.

Mais benefícios

Além dos benefícios supracitados, quem fechar contrato com a Kinto, tem assistência 24 horas, com carro reserva e seguro com cobertura para terceiros. A quilometragem permitida varia entre 800 km e 1.500 km por mês. Caso ultrapasse, os cálculos são refeitos e o cliente, claro, paga mais.



Para solicitar um carro, basta comprovar renda e ter carteira de habilitação (CNH) válida na categoria B - para carros. Feito isso, basta bancar combustível e estacionamento. Por contrato, as multas também vão para o assinante. Gradativamente, todo o portfólio Toyota no Brasil estará disponível. De acordo com a fabricante, os modelos oferecidos serão constantemente atualizados no site da marca para consulta.


Preços

Os preços partem de R$ 1.657 para o hatch Yaris, mas variam bastante conforme a localização do contratante, o veículo em questão e o pacote contratado. O sedã médio mais vendido do Brasil, o Corolla, por exemplo, foi a única opção encontrada no site (busca por meio de localização, em São Paulo). Em versão Altis Hybrid Premium CVT, parte de R$ 4.186,13/mês (24 meses e 800 km/mês). Para alugar por menos tempo (12 meses), o preço salta para R$ 4.294,30 mensais.

O modelo em questão (2022), a princípio, já rodou 8.797 km e está disponível numa concessionária da Zona Oeste da capital paulista. De acordo com a marca, no Kinto One Personal, os preços de assinatura de seminovos ficam cerca de 25% menores que os praticados nas assinaturas de novos. Assim, o Corolla Altis Hybrid Premium CVT 0-km sairia por R$ 6.000, em média, para assinatura na Kinto.

Toyota/Divulgação

Por falar em zero-quilômetro, conforme tabela disponibilizada no site da Kinto, os preços das assinaturas variam entre R$ 2.402,64 (Yaris Hatch) até R$ 10.338,05, no caso do SUV SW4. Além de carros por assinatura - 0-km e seminovos -, a Kinto conta ainda com outros dois tipos de serviços no mercado brasileiro. São eles: Kinto Share, de compartilhamento de veículos, e o Kinto One Fleet, focado em gestão de frotas corporativas. Pagamentos apenas via cartão de crédito, boleto bancário e pix.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
gner
Deixe sua opinião