Você está lendo...
Volkswagen reajusta preço do Fox em até R$ 3.050; hatch sai a partir de R$ 57.640
Notícias

Volkswagen reajusta preço do Fox em até R$ 3.050; hatch sai a partir de R$ 57.640

Vendido pela Volkswagen há quase 18 anos, Fox deixa de ser modelo de entrada da fabricante. Futuro do hatch compacto ainda é incerto

Emily Nery, para o Jornal do Carro

07 de jan, 2021 · 4 minutos de leitura.

fox
Fox é vendido no Brasil em apenas duas versões, Connect e Extreme
Crédito:Volkswagen/Divulgação
fox

Ainda em produção, o Fox é modelos de entrada no catálogo da Volkswagen. Contudo, isso não o deixou imune de passar por reajustes. Desta vez, a fabricante alemã aumentou o compacto em R$ 2.750 a até R$ 3.050.

Atualmente por R$ 57.640, a versão de entrada Fox Connect ultrapassa a configuração de entrada do Gol, oferecida por R$ 55.760, e chega mais perto dos R$ 60 mil. A variante oferece controle automático de velocidade, rodas de liga leve de 15", sistema de som touchscreen, volante multifuncional e sensor e estacionamento traseiro.

Volkswagen Fox-Connect-interior
Por R$ 55.760, versão Connect traz, por exemplo, controle de cruzeiro, sensor de estacionamento traseiro e volante multifuncional Divulgação/Volkswagen

Versão de visual aventureiro tem encosta no valor de HB20 automático

No entanto, a configuração pseudo-aventureira Xtreme foi a que registrou o maior reajuste e saltou de R$ 60.490 para R$ 63.540. Ou seja, um aumento de R$ 3.050.

Ele possui, por exemplo, controle de velocidade, computador de bordo, direção elétrica, rodas de liga leve aro 16", travas e vidros elétricos, volante multifuncional em couro, lanternas traseiras escurecidas, faróis com máscara escurecida, rack no teto e câmera de ré.

Em ambas as opções, o propulsor é o mesmo. O longevo 1.6 aspirado consegue entregar até 104 cavalos de potência. Ele é acompanhado pelo câmbio manual de 5 velocidades


Futuro em xeque

Se no mundo, a Volkswagen irá focar sua produção em modelos elétricos, no Brasil, a fabricante ainda aposta na ofensiva de SUVs. Para o primeiro trimestre, as concessionárias receberão o utilitário esportivo médio Taos. Além disso, ela irá retomar o projeto Tarok, futura picape que compartilhará plataforma e conjunto mecânico com o Taos.

Como resultado desta ofensiva, o futuro dos compactos como o Fox e o Up! estão em xeque. No acumulado da Fenabrave de dezembro de 2020, o veterano emplacou um pouco mais de 20 mil unidades.


Certamente, o número é expressivo, porém ele disputa em no segmento que mais vende no País. Além disso, ele enfrenta concorrentes mais atualizados como Polo, HB20 e até seu irmão mais moderno VW Polo.

Vale lembrar que, desde maio de 2020, o Fox não é mais produzido na Argentina, cujo País importava o veículo do Brasil.