Notícias

Honda confirma novas Africa Twin 1100 e Fireblade SP e scooter Forza 350 para 2021

Honda terá três lançamentos Africa Twin, Fireblade SP e Forza 350 que começam a chegar no primeiro semestre de 2021 ao Brasil

José Antonio Leme

01 de dez, 2020 · 5 minutos de leitura.

honda" >
HONDA CBR1000RR-R SP FIREBLADE
Crédito:HONDA

Depois de fechar o ano com a apresentação do scooter ADV 150, a Honda se antecipou para 2021. Ela confirmou três novos modelos que chegarão às loja. São os scooter Forza 350, a big trail Africa Twin 1100 e a superesportiva CBR 1000RR-R Fireblade. Os três modelos são novas gerações; no caso da Africa Twin e da Fireblade, de produtos já vendidos aqui.



Forza 350

O Forza 350 é a evolução do Forza 300 que é um sucesso na Europa. O modelo virá ocupar o lugar que pertencia ao SH 300i que está saindo de linha no Brasil. Com estilo mais esportivo e posição de pilotagem mais relaxada, o Forza apareceu no Salão Duas Rodas 2019 junto com o ADV 150 para testar a aceitação do público.

Ele traz controle de tração desligável, chave presencial, freios ABS, espaço para dois capacetes fechados sob o banco, luzes de LEDs, entrada USB para recargada e interface para uso de controles de voz de smartphone se o capacete tiver intercomunicador.

Na Europa, o motor monocilíndrico de 330 cm³ rende 29 cv a 7.500 rpm e 3,2 mkgf a 5.250 rpm. O câmbio é o automático CVT de relações continuamente variáveis. A capacidade do tanque é de 11,7 litros. O consumo médio divulgado pela Honda é de 30 km/l. Para o Brasil os números podem ter mudanças devido a restrição maior de ruído em relação as regras da Europa.

honda
HONDA

Africa Twin CRF 1100 L

A nova geração foi apresentada também em 2019 e tem como principal novidade a chegada da opção com câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas. O motor bicilíndrico também é maior, tem 1.084 cm. Ele entrega 102 cv a 7.500 rpm e 10,7 mkgf a 6.250 rpm.

A moto é completamente nova desde o chassi, até a eletrônica. São quatro modos de condução, controles de tração e freio motor, anti-wheeling e capacidade de personalização desses ajustes. Ela traz ainda a unidade de medição inercial (IMU) de seis eixos. O painel também é novo, com painel de instrumentos de TFT e integração ao smartphone.

O Jornal do Carro já teve contato com a nova Africa Twin 1100 na versão Adventure Sports, que tem suspensão eletrônica e tanque maior – 24,8 litros contra 18,8 litros da convencional. Leia a nossa avaliação da viagem na Itália.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se

CBR 1000 RR-R Fireblade SP

Por fim, a nova geração da Fireblade é completamente feita do zero. O nome ficou maior, são três “R” agora. CBR 1000 RR-R Fireblade. O motor quatro cilindros de 999 cm³ 217 cv a 14.500 rpm e 11,5 mkgf a 12.500 rpm. Ela vem ao Brasil na versão SP (Speciale) com freios da grife Brembo e suspensões Ohlins.

Em termos de equipamentos há a nova IMU de seis eixos que comanda os controles de tração, de freio motor, de estabilidade, ABS em curva, entre outros. Ela traz ainda quickshift para subir e descer marchas sem acionar o manete de embreagem. Além do novo visual, ela traz as famosas asas nas laterais da carenagem que aumentam a pressão aerodinâmica em altas velocidades.

Continua depois do anúncio
honda
HONDA