Você está lendo...
Suzuki Haojue lança a trail urbana NK 150, uma rival para a Honda Broz
Notícias

Suzuki Haojue lança a trail urbana NK 150, uma rival para a Honda Broz

Por R$ 17 mil, aventureira da Suzuki Haojue tem freios ABS, painel de LCD e entrada USB para recarga de smartphone; motor de 150cc gera 12 cv

Vagner Aquino, especial para o Jornal do Carro

10 de mar, 2022 · 4 minutos de leitura.

Suzuki
NK 150 é oferecida nas cores branca, vermelha e preta
Crédito:Haojue/Divulgação

A Suzuki Haojue, joint venture das marcas japonesa e chinesa de motocicletas, lançou no Brasil a NK 150, sua trail urbana de entrada. O modelo aventureiro chega às concessionárias a partir da próxima semana com preço sugerido de R$ 17.597. Sua missão será concorrer com modelos do naipe de Honda NXR 160 Bros e Yamaha Crosser 150.

Para tanto, a Suzuki Haojue NK 150 promete desenvoltura na cidade e em terrenos acidentados com seu motor de 149 cm³. Ele tem injeção eletrônica e, de acordo com a marca, tecnologia de ressonância. Trocando em miúdos, permite alto desempenho em baixas e médias velocidades, ideal para situações como arrancadas, subidas e ultrapassagens, por exemplo.

Haojue/Divulgação

Em números, o motor monocilíndrico desenvolve 12 cv a 8.000 rpm, além de um torque máximo de 1,24 mkgf a 6.000 rpm. O câmbio tem cinco marchas e o tanque de gasolina tem capacidade de 12,2 litros. A Haojue, no entanto, não informou qual a autonomia e o consumo da NK 150. A moto trail tem 2,07 m de comprimento, 83 cm de largura e 1,17 m de altura. Seu peso em ordem de marcha é de 139 kg.



O que vem de fábrica?

Entre os itens de série, destaque para os freios ABS, painel de LCD totalmente digital com múltiplas funções - como alerta de voltagem de bateria, por exemplo. Bem como entrada USB para carregamento de smartphones e banco duplo.

Haojue/Divulgação

Tal como as rivais de Honda e Yamaha, a NK 150 tem o para-lamas dianteiro elevado e o visual agressivo. A trail está disponível nas cores branca, vermelha e preta, com a parte central sempre na cor preta.

Emplacamentos no Brasil

De acordo com números da Fenabrave, associação que reúne as concessionárias do País, as vendas de motos 0-km caíram 17,4% em fevereiro de 2022 (74.065 unidades) na comparação com janeiro (89.682). Em contrapartida, os emplacamentos foram quase 29% superiores aos de fevereiro de 2021 (57.423). Já no acumulado de 2022, o mercado apresenta alta de 14,3%. Ou seja, subiu de 143.255 para 163.747 unidades.

Suzuki
Haojue/Divulgação

No ranking das marcas, o primeiro lugar do pódio de fevereiro continua com a Honda, que tem simplesmente 73,7% do mercado, com um total de 54.563 unidades. A Haojue aparece em 9º lugar, com 345 emplacamentos neste ano e 0,47% de participação.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se