Primeira Classe Rafaela Borges

Babacas do trânsito e o risco que representam

Veja as atitudes que caracterizam os babacas do trânsito, que acham que estão arrasando, mas na verdade podem estar ameaçando a vida de outras pessoas

Babacas do trânsito
Transtornos O babaca do trânsito é o maior responsável por acidentes e congestionamentos (Foto: Daniel Teixeira/Estadão)

Você acha que está arrasando no trânsito? Que dirige muito bem e tem um carrão (ou simplesmente um carro)? Você acha que ninguém sabe dirigir, além de você? Cuidado: você pode ser um dos babacas do trânsito.

VEJA TAMBÉM

Os babacas do trânsito são aqueles cidadãos que acham que a lei é feita para os outros. Não para eles. São os que não têm paciência e, por isso, acham que têm o direito de cometer todo tipo de atrocidade ao volante.

O que eles causam mesmo é aumento nos riscos de acidentes. Além disso, muitas vezes acabam sendo os principais responsáveis pelos altos índices de congestionamento.

Abaixo, veja algumas atitudes típicas dos babacas do trânsito. Você comete alguma delas? Apenas pare. Não seja babaca; pratique a civilidade.

 

COSTURAR

É a mais babaca das atitudes, e vejo milhares fazendo isso todos os dias nas marginais. O cara vai costurando os carros, geralmente em alta velocidade. Tira “finas”, assusta os outros motoristas.

No fim das contas, dificilmente vai conseguir chegar mais rápido a seu destino. O que conseguirá, certamente, é ganhar a alcunha de babaca. Isso se não sofrer um acidente no trajeto, por causa da direção perigosa.

 

GRUDAR NA TRASEIRA DO CARRO DA FRENTE

Ocorre muito na faixa da esquerda, que é para ultrapassagem. Mas já vi gente fazendo isso até na faixa mais a direita.

A pessoa fica colada na traseira do carro da frente de uma maneira perigosa. Tão perto que, se o outro motorista frear, provavelmente vai gerar um acidente.

Provavelmente, esse indivíduo está fazendo pressão para ganhar passagem. Porém, na realidade, o que ele está praticando mesmo é direção perigosa.

ACELERAR QUANDO OUTRO MOTORISTA QUER MUDAR DE FAIXA

Se a pessoa acionou a seta, é porque ela precisa, ou quer mudar de faixa. Dar passagem não vai depor contra sua “macheza” (e isso serve também para as mulheres). Dar passagem mostrará que você tem civilidade, e é a favor de um trânsito gentil.

Aliás, por lei, você é obrigado a dar passagem, ok? Não fazer isso é infração de trânsito.

Pior do que quem não dá a passagem é o cidadão que, ainda por cima, acelera quando vê que o outro carro vai mudar de pista. Em resumo: babaca nível master.

FURAR A FILA

Está aquele trânsito de matar para acessar uma entrada da Marginal Tietê, por exemplo. O que o babaca espertalhão faz? Trafega pela faixa ao lado e, quando se aproxima da entrada, quer entrar na frente de todos.

A civilidade nos diz que temos de deixar esse indivíduo entrar (embora isso nem sempre aconteça). Mas é muita folga, não é?

Além de ser dessas pessoas que gostam de levar vantagem em tudo, o babaca ainda por cima piora o trânsito. Quanto mais babacas fazem isso, mais a fila aumenta.

TRAFEGAR PELA ESQUERDA E PRENDER TODO MUNDO

Pessoal, a faixa da esquerda, em estradas e nas marginais, são para ultrapassagem, ok? Não é para ficar rodando normalmente nessas faixas.

Brasileiro parece que não entende isso. Fica trafegando na faixa da esquerda e impedindo os demais de passar.

Mesmo que você esteja rodando na velocidade máxima permitida em uma via, não deve se manter na esquerda após uma ultrapassagem. É esse tipo de atitude que muitas vezes desencadeia infrações de trânsito cometidas por outros (como ultrapassar pela direita e costurar).

A pessoa que quer te ultrapassar está acima de velocidade permitida? Não importa: isso não é problema seu. Você não é responsável pelos atos dos outros. Sua obrigação (por lei, aliás) é liberar a passagem.

USAR O CELULAR

Não use o celular se estiver dirigindo! “Ah, mas eu me perdi e precisava do navegador GPS”, você pode dizer.

Não importa: não use. É contra a lei e provoca acidentes. Gera distração, empaca o trânsito. Ninguém ganha com isso.

Quer usar os mapas no telefone. Compre um suporte para celulares e o coloque no painel.

Quer conversar no WhatsApp? Vá de Uber, de táxi, de motorista particular. Ou espere a chegada do carro autônomo.

Se estiver ao volante, guarde o celular na bolsa, no bolso ou em qualquer outro lugar em que você não se sinta tentando a pegá-lo enquanto dirige.

BUZINAR

Motociclista, você pode andar no corredor. Mas não buzine como um louco. Você assusta os motoristas e outros motociclistas. A rua não é sua. Espere sua vez.

Ah propósito, os carros têm o direito de mudarem de faixa. Entenda isso, e respeite esse direito. Não mostre o dedo do meio para alguém que acionou a seta antes de você passar.

O mesmo vale para os motoristas: não buzine à toa. Buzina é sinal de alerta, não de que você é mais importan

VEJA TAMBÉM: DEZ CARROS COM DESVALORIZAÇÃO ABSURDA

 


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Mais artigos