Primeira Classe

Jeep mostra como se dar bem com dois carros

Jeep deixou a Honda para trás no ranking de vendas

Rafaela Borges

07 de ago, 2019 · 5 minutos de leitura.

Jeep Renegade" >
Jeep Renegade
Crédito: Tiago Queiroz/Estadão

A Jeep não tem apenas dois carros no Brasil. Mas os outros modelos disponíveis são tão, mas tão de nicho, que Compass e Renegade representaram 99,6% dos 12.006 emplacamentos da marca em julho.

Ou seja: na prática, é como se a Jeep vendesse só dois carros no Brasil. E, por incrível que pareça, apenas com esses dois modelos a marca já conseguiu deixar muito montadora que atua em diversas frentes para trás.

Desde o ano passado, a Jeep estava na "cola" da Honda no ranking de vendas. Agora, finalmente conseguiu superar a fabricante de HR-V, Civic, Fit e City, que vende também os importados CR-V e Accord.

 

LEIA TAMBÉM

 

No mês passado, a Honda somou 10.975 emplacamentos. Com isso, caiu para a nona posição do ranking, enquanto a Jeep alcançou o oitavo lugar.

Em junho, a norte-americana já havia ficado na frente, com 11.032 emplacamento, ante os 10.012 da japonesa.

 

Veja também: Os carros mais vendidos em julho de 2019

 

O 'segredo' da Jeep

Com dois carros, como a marca norte-americana consegue obter um desempenho tão forte? Vale lembrar que não é só a Honda que ficou para trás. Já faz certo tempo que a montadora de utilitários ultrapassou também a Nissan, fabricante de March, Versa, Kicks e Frontier.

Isso fora as marcas que estão fora da lista das dez primeiras do ranking, como Peugeot e Citroën.

O segredo da Jeep já deixou de ser segredo há muito tempo na indústria automobilística: utilitários-esportivos. Esse segmento, hoje, só não tem maior volume que o de hatches compactos.

 

Vídeo: O que mudou no Renegade

 

E são da Jeep os dois modelos mais vendidos dessa categoria. O Renegade lidera. Ele começou a se destacar no fim do ano passado, após receber atualizações.

Em 2019, tem folga na liderança dos SUVs. Apenas no mês passado ficou fora do primeiro lugar, atrás de seu irmão Compass.

O fator Compass

O avanço do Renegade era o que a Jeep precisava para ultrapassar a Honda. Isso porque o Compass, desde seu lançamento, em 2016, é um fenômeno.

SUV médio, vendido por mais de R$ 110 mil iniciais, ele é o segundo mais emplacado no acumulado do ano, deixando todos os compactos para trás.

 

Vídeo: O segredo do sucesso do Jeep Compass

 

Para comparação, em julho, o Compass teve mais de 6 mil emplacamentos. Seu rival direto mais próximo, VW Tiguan, somou um pouco mais de mil exemplares vendidos.

Com o Compass na cartola, e o Renegade na liderança do segmento mais importante do Brasil, fica até fácil ter sucesso com dois carros apenas.

 

Newsletter Jornal do Carro - Estadão

Receba atualizações, reviews e notícias do diretamente no seu e-mail.