Primeira Classe Rafaela Borges

SUVs da Volkswagen fazem bonito em abril

T-Cross brilha na estreia; Tiguan tem seu melhor mês

T-Cross Tiguan SUVs da Volkswagen
T-Cross fez boa estreia Crédito: Valéria Gonçalves/Estadão

Abril foi um mês incrível para os SUVs da Volkswagen. Especialmente para o Tiguan, mas também para o T-Cross, que teve uma estreia “lacradora”.

Sem ter um mês de concessionárias – chegou na primeira quinzena de abril -, o carro já conseguiu estrear na lista dos dez mais vendidos do segmento.

Considerando todos os SUVs, o T-Cross foi o décimo mais emplacado. Na lista dos compactos, foi o novo.

Com isso, o T-Cross já começa sua carreira nas posições intermediárias do ranking. Com 1.859 emplacamentos, ele marcou um “empate técnico” com Tracker (1.865) e Captur (1.871).

Além disso, já começou deixando para trás o C4 Cactus, WR-V, 2008 e os Tiggo. A expectativa é de que, com um mês cheio de vendas, já tenha condições de deixar para trás o Duster, e de brigar com o EcoSport (2.716 emplacamentos de abril).

 

Vídeo da semana: Testamos o McLaren Senna em Interlagos

Já no grupo dos líderes (Renegade, Creta, Kicks e HR-V) será mais difícil de entrar. Para isso, o T-Cross precisará fazer pelo menos 4 mil unidades em um mês.

É preciso considerar também que o T-Cross teve processo de pré-venda. As unidades comercializadas nesse período estão chegando agora às mãos do cliente. Será que ele vai manter o fôlego em seguida? Seu “irmão” Polo manteve.

 

Veja também: Os SUVs mais vendidos em abril de 2019

 

O brilho do Tiguan

A nova geração do Tiguan estreou bem no ano passado e, de cara, já foi para a vice-liderança dos SUVs médios. A liderança é do quase imbatível Compass, que somou 4.913 emplacamentos em abril – e, no universo geral do segmento, foi o segundo mais comercializado, atrás apenas do Renegade.

Em abril, o Tiguan teve seu melhor mês desde o lançamento da nova geração. Foram vendidos 1.324 unidades do carro.

LEIA TAMBÉM

Com isso, ele deixa para trás o Hilux SW4, que é de outro segmento (utilitários derivados de picape), mas sempre vendeu melhor que o Tiguan. Além disso, começa a colocar uma vantagem considerável nos concorrentes diretos (além de vender mais que vários SUVs compactos, como WR-V e 2008).

Dos concorrentes diretos, o mais próximo ao vice-líder Compass é o ix35, que teve 473 unidades vendidas em abril. O Tucson, que aparece em seguida, somou 470 emplacamentos.

Ou seja: o Tiguan ainda tem ampla vantagem mesmo com a soma de vendas dos dois concorrentes fabricados pela Hyundai.

Próximos SUVs

O Tiguan marcou o início da ofensiva de SUVs da Volkswagen, que tomou fôlego este ano, com o T-Cross.

Até 2020, vêm ainda três novidades, todas feitas no Brasil ou na Argentina. Haverá o médio Tarek, posicionado entre o T-Cross e o Tiguan.

Já o T-Track ficará abaixo do T-Cross. Outra novidade será um crossover derivado do Polo – um conceito semelhante ao desempenhado pelo CrossFox.

 

Veja também: Os carros mais vendidos em abril


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Mais artigos