Você está lendo...
Chevrolet Seeker: novo SUV surge com potencial para substituir o Cruze
Mercado

Chevrolet Seeker: novo SUV surge com potencial para substituir o Cruze

Maior que o Tracker e menor que o Equinox, novo SUV da Chevrolet aparece com estilo esportivo de cupê e interessa ao mercado brasileiro

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

18 de abr, 2022 · 8 minutos de leitura.

Chevrolet Trax
Novo SUV-cupê pode ser equipado com o motor 1.2 turbo de 133 cv do Tracker
Crédito:Reprodução

Maior que o Tracker e menor que o Equinox. Nos últimos dias, o departamento de patentes chinês publicou os registros de um novo SUV da Chevrolet, chamado de Seeker. O inédito modelo com estilo de cupê surgiu completamente sem disfarces e com visual bem mais arrojado que o do Tracker. De início, parecia ser o novo Trax, futuro SUV-cupê feito sobre a plataforma GEM, de Tracker, Onix, Onix Plus e da nova Montana. Ele foi flagrado logo no início de 2022 na Coreia do Sul.

Entretanto, trata-se de outro SUV. Ele é bem maior que o Tracker e chega a superar Jeep Compass e Toyota Corolla Cross por alguns centímetros. São 4,54 metros de comprimento por 1,82 m de largura, 1,56 m de altura e 2,70 m de distância entre-eixos. Ou seja, o Chevrolet Seeker surge como um SUV médio para a faixa dos R$ 150 mil, com potencial para substituir o médio Cruze, por exemplo. Poderia, inclusive, ganhar produção na fábrica de Santa Fe, na Argentina.

Visual atlético

Em termos de estilo, o Chevrolet Seeker traz uma aparência imponente. Com balanço maior na dianteira, ele chama atenção pelos faróis em LED alongados e pela grade ampla, com detalhes cromados. O conjunto é arrojado e forma bumerangues na direção das luzes de neblina. A dianteira é alta, mas o que chama a atenção é o porte mais esguio, que sugere boa aerodinâmica e desempenho forte. Visto de frente, está mais para um crossover que para um SUV.


Chevrolet Trax
Reprodução

Atrás, as lanternas são pequenas e ficam em posição elevada. Assim, realçam a musculatura do modelo, que parece bem mais largo que o Tracker. O para-choques é bojudo e alto, com um skidplate que parece ter acabamento em preto brilhante que transmite sofisticação. Já o vidro do vigia é levemente inclinado, para dar essa silhueta inspirada nos cupês. Nas versões mais baratas, as rodas são de aro 17 em dois tons. Mas o Seeker terá a variante RS com rodas de 18".

Para fazer jus ao visual arrojado, o Chevrolet Seeker terá o mesmo 1.5 turbo a gasolina do Equinox. O motor de quatro cilindros em linha e injeção direta produz 180 cv de potência e promete fornecer bom desempenho ao SUV. Segundo os registros, ele pesa cerca de 1.410 kg. No mercado norte-americano, o modelo terá tração integral.


Maior que o Tracker

Ainda não se sabe se o Chevrolet Seeker será um modelo exclusivo para a China, ou se ganhará outros mercados pelo mundo - incluindo o Brasil. Nos Estados Unidos, o novo SUV foi flagrado em testes e está cotado como opção entre o médio-compacto Trailblazer (que não é o mesmo à venda no Brasil) e o novo Equinox. Este, por sinal, foi reestilizado em 2021 e está próximo de estrear por aqui - só não chegou ainda porque a GM continua a sofrer com a escassez de chips.

Por ora, a GM nega que o Seeker virá ao mercado brasileiro. Em comunicado, a montadora diz que o SUV não está nos planos para a região. "A GM está conectada às tendências globais e atenta a novas oportunidades de negócio e produtos. Seguimos fortalecendo o portifólio de SUVs da Chevrolet com os recém-lançados Tracker e Trailblazer e, em breve, com o Novo Equinox. Em relação ao Seeker, informamos que este modelo não está nos planos da empresa na região".



Outro SUV

De volta ao início da reportagem, contamos que a GM desenvolve outro SUV com base no Tracker. Pois este modelo também será revelado nos próximos meses e pretende substituir o Chevrolet Trax nos EUA. Da mesma forma, ele terá estilo de cupê, porém, seguirá os passos do Fiat Fastback, que estreia neste ano no Brasil. O novo SUV da marca italiana nascerá sobre a plataforma MLA, herdada do Fiat Pulse, mas será maior para avançar nos preços e chegar próximo da faixa dos R$ 150 mil.


Por enquanto não há muitas informações sobre versões ou conjunto mecânico. No entanto, o novo SUV-cupê da Chevrolet deverá vir com o motor 1.2 turbo de 133 cv e 21,4 mkgf de torque, já disponível no irmão Tracker e ajustado para as novas regras de emissões do Proconve L7.

Chevrolet Trax 2023
Kleber Silva/K Design AG/Jornal do Carro

Nova picape primeiro

Após concluir a modernização da fábrica de São Caetano do Sul (SP), a General Motors começou a divulgar a nova Montana. A picape derivada do SUV Tracker está confirmada para 2023 pelo presidente da GM na América do Sul, Santiago Chamorro. A confirmação endossa o que o Jornal do Carro publicou ainda em 2021: a picape será revelada em 2022, e chegará às lojas no 1º semestre do ano que vem.


Com uma proposta mais urbana, sem tração 4x4 e versões a diesel, a nova Montana promete disputar vendas com a Fiat Toro. Estimativas apontam para valores entre R$ 120 mil e R$ 150 mil. Mas uma coisa é certa: na gama da Chevrolet, a nova Montana ficará abaixo da Chevrolet S10. Veja o que já sabemos!

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier
Oferta exclusiva

Chevrolet Tracker 1.2 Turbo Premier

Deixe sua opinião