Você está lendo...
GM confirma nova Montana para 2023; veja o que já sabemos da picape
Lançamentos

GM confirma nova Montana para 2023; veja o que já sabemos da picape

GM começa a divulgar a Nova Montana, que terá websérie para mostrar fase final de desenvolvimento da picape, aguardada para o início de 2023

Diogo de Oliveira

28 de mar, 2022 · 5 minutos de leitura.

nova Montana
GM mostra detalhe da grade da nova Chevrolet Montana, que está confirmada para 2023
Crédito:Chevrolet/Divulgação

Após concluir a modernização da fábrica de São Caetano do Sul (SP), a General Motors começa a divulgar a nova Montana. A picape derivada do SUV Tracker está confirmada para 2023 pelo presidente da GM na América do Sul, Santiago Chamorro. A confirmação endossa o que o Jornal do Carro publicou ainda em 2021: a picape será revelada em 2022, e chegará às lojas no 1º semestre do ano que vem.

"A Nova Montana vai surpreender o mercado com diversas inovações, a começar pelo design inteligente. A cabine aproveita melhor o espaço interno para oferecer mais conforto aos ocupantes, enquanto a caçamba vai estrear tecnologias que proporcionam inclusive maior versatilidade", descreve Santiago Chamorro.

Nova Chevrolet Montana
Divulgação/GM

Picape terá websérie

Para alimentar o público de picapes e da marca Chevrolet, a GM vai mostrar em uma série de vídeos com as últimas etapas do desenvolvimento da nova Montana. No comunicado, a montadora diz que a picape "irá se diferenciar, entre outros aspectos, pelo maior porte, com dimensões robustas que a colocam no segmento das picapes médio-compactas".

Em outubro passado, publicamos aqui os primeiros flagras da nova Montana, feitos nas ruas da Coreia do Sul. Por ora, o que se sabe é que a picape será construída sobre a base global GEM, usada pelo SUV compacto Tracker e pelos hatches Onix e Onix Plus. Ou seja, ela terá componentes em comum com o trio, bem como deverá ter os mesmos motores.




Novo motor?

Dessa forma, espera-se que a nova Chevrolet Montana use o 1.2 turbo de até 133 cv e 21,4 mkgf de torque do SUV Tracker, com opções de câmbio manual ou automático de seis marchas. Além disso, fala-se em um possível novo motor 1.3 turbo de três-cilindros com injeção direta e capaz de gerar 163 cv. Mas, por enquanto, são apenas suposições.

Caso a GM queira colocar a nova Montana na briga por volume até com a líder de vendas, Fiat Strada, é possível ter o motor 1.0 turbo flex da linha Onix. Ele gera até 116 cv e 16,8 mkgf. Vale lembrar que a picape da Fiat ainda não dispõe, mas pode receber o 1.0 T200 de até 130 cv e 20,4 mkgf de torque. Ele acompanha o câmbio CVT que simula sete marchas.

lançamentos
Sonho Bobbae

Rival da Toro

Entretanto, tal como a própria GM aponta no comunicado, a nova Montana vai disputar vendas é com a Fiat Toro. Por isso, a montadora reforça o porte maior do modelo em relação aos irmãos Onix, Onix Plus e Tracker. Assim como o fato de ser uma picape com quatro portas e características de um carro de passeio, "com melhor dinâmica, eficiência e conteúdo".

Porém, a nova picape da Chevrolet terá proposta mais urbana, sem tração 4×4 e versões a diesel - como na rival da marca italiana. Estimativas apontam para valores entre R$ 120 mil e R$ 150 mil. Nesse sentido, a nova Montana também ficará bem distante da Ford Maverick, que vem do México na versão topo de linha Lariat FX4, ao preço de R$ 235.190.

Uma coisa é certa: na gama da Chevrolet, a nova Montana ficará abaixo da Chevrolet S10, que parte de R$ 228.790.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Deixe sua opinião