Redação

23/09/2019 - 4 minutos de leitura.

Honda CR-V ganha versão híbrida

Honda revelou nos EUA o CR-V Hybrid, como parte das alterações de “meia vida” do SUV

Honda CR-V
Honda CR-V 2020 está chegando com uma leve reestilização nos EUA, o que inclui frente com friso escurecido na dianteira Crédito: Honda/Divulgação
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

O SUV Honda CR-V acaba de receber uma leve reestilização de “meia vida”. Visualmente, o CR-V 2020 tem poucas mudanças. É o caso, por exemplo, do friso dianteiro escuro, e da integração da luz de neblina no para-choque frontal. Mas a maior novidade está na versão híbrida.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

+ Toyota RAV4 fica mais caro

O CR-V Hybrid recebeu um exclusivo seletor de marchas por botão, localizado no novo console central. Ali é possível selecionar a teclas P (estacionamento), D (drive), N (neutro) e R (ré). Além disso, pode-se escolher também os modos Eco, Sport e EV. Esta, exclusiva para condução elétrica. Outra novidade é o carregador de celular sem fio.

O SUV híbrido também recebeu um novo quadro de instrumentos digital, que traz as informações que são comuns a veículos eletrificados. É o caso de gasto e recuperação de energia, carga de bateria e autonomia, por exemplo.

Por fim, há ainda uma chave que permite elevar a capacidade de regeneração em caso de frenagem e desaceleração.

A central multimídia tem tela de 7″ sensível ao toque, compatível com Apple CarPlay e Android Auto. Como opcionais, nos EUA o modelo pode vir com partida remota do motor, ar-condicionado de dupla zona, portas USB na traseira e banco do passageiro frontal com aquecimento e ajustes elétricos.

CR-V tem dois motores elétricos e um 2.0 a gasolina

O CR-V utiliza dois motores elétricos, em conjunto com um propulsor 2.0 de quatro cilindros. De acordo com a marca, juntos eles geram 212 cavalos de potência. A tração do modelo híbrido é feita nas quatro rodas. Isso porque o eixo traseiro recebe a força gerada pelos motores elétricos, por meio de uma embreagem eletrônica.

A montadora informa que na cidade o modelo híbrido chega a ser 50% mais econômico que o similar a gasolina. Na prática, isso significa média urbana de 17,3 km/l.

O conjunto de baterias está localizado sob o porta-malas. Com essa distribuição, a Honda garante que o espaço de bagagem não foi afetado.

O CR-V híbrido deverá estrear nos EUA no início do ano que vem. A montadora não informou se há planos de oferecer a versão no Brasil. A Toyota já vende aqui o RAV4 híbrido.

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais