Emily Nery, para o Jornal do Carro

26/04/2021 - 6 minutos de leitura.

Hyundai BlueLink deixa o HB20 conectado, mas ainda sem Wi-Fi a bordo

Por R$ 29.90 após seis meses de uso, Bluelink traz rastreamento, assistência 24 horas e comandos pelo celular. Mas peca ao não adotar Wi-Fi nativo

Hyundai HB20 terá conectividade pela plataforma Bluelink
Hyundai HB20 terá conectividade pela plataforma Bluelink Crédito: Divulgação/Hyundai
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Seguindo a onda de carros conectados em veículos mais populares, a Hyundai anunciou hoje (26) a chegada do Bluelink. A nova plataforma para carros conectados permite comandar remotamente o veículo via aplicativo e dispõe de algumas funcionalidades de segurança, bem como rastreamento do modelo. Caberá ao HB20 inaugurar o recurso.

Bastante parecido com as funcionalidades My Link, da Chevrolet, Fiat Connect Me, da Fiat e Adventure Intelligence, da Jeep, o Blue Link está disponível mediante assinatura. Por R$ 29,90 após os seis primeiros meses de uso, o motorista poderá aproveitar uma série de comodidades.

Controle do carro via aplicativo

Assim, destacam-se os controles remotos. Por meio do aplicativo Blue Link, disponível na Play Store e na Apple Store, o proprietário pode ligar o motor, ligar ou desligar o ar-condicionado, travar ou destravar as portas, acionar o pisca-alerta e a buzina. O aplicativo também fornece informações sobre o status do veículo e do motor, como o nível de combustível, por exemplo.

HB20 terá conectividade pela plataforma
Divulgação/Hyundai

A conexão do celular com o SIM card 4G da Vivo instalado no carro permite apresentar ao proprietário seu estilo de condução. Por enquanto, a Hyundai não bonificará os bons motoristas, contudo, não negou que possa adotar tais atitudes no futuro.

Assistência em caso de emergência

Assim como as plataformas concorrentes, o BlueLink consegue acionar autoridades automaticamente em caso de colisão do veículo. Ou seja, quando o airbag é acionado.

Em um tentativa de roubo, a central da Hyundai consegue rastrear o modelo e até imobilizar o motor. Ele, portanto, desliga e fica impossibilitado de ligar novamente. Durante um tentativa de furto, o aplicativo notifica o proprietário que entrará em contato com a Central SOS Bluelink.



Notificações por estilo de condução

Um ponto controverso é a notificação por estilo de condução e por perímetro. Por meio do rastreamento, o recurso consegue avisar o assinante do Bluelink quando a pessoa que estiver com o veículo ultrapassar o limite de velocidade estipulado previamente pelo dono do HB20.

HB20 terá conectividade pela plataforma
Proprietário pode criar alertas referentes a limites geográficos, restrições de horários e de velocidade Divulgação/Hyundai

Além disso, ao entrar ou sair de um perímetro já estabelecido pelo assinante do Bluelink, o sistema o notificará. O mesmo rastreamento funciona para caso o veículo esteja rodando em um horário fora do “permitido” pelo proprietário.

Alerta de valet

Somado a essas funcionalidades, a Hyundai apresentou o “Modo Valet”. Com o propósito de privar informações da central multimídia a terceiros, o Bluelink permite criar uma senha para entrar na plataforma ou na central de infotainment.

Saúde do carro

Embora o sistema não faça atualizações pela nuvem, ele diagnostica e informa pela central multimídia quando há alguma falha no veículo.

Hyundai HB20 terá conectividade pela plataforma
Divulgação/Hyundai

Falta Wi-Fi a bordo

Durante a apresentação oficial, o novo CEO da Hyundai na América Latina, Ken Ramirez, afirma que o Bluelink busca “democratizar” a conectividade veicular. De certa forma, a marca reforça essa estratégia trazendo o HB20 como o primeiro da Hyundai a estrear o produto.

Todavia, por motivos de segurança ao motorista, a Hyundai afirma que não ele não dispõe de Wi-Fi nativo, deixando a funcionalidade para trás de alguns concorrentes. Cabe enfatizar que, uma vez que o proprietário deixe de assinar o Bluelink, ele não conseguirá utilizar nenhuma das funcionalidades.

Hyundai HB20 terá conectividade pela plataforma Bluelink
Em casos de emergência, motorista pode acionar o SOS e solicitar assistência à Central SOS Bluelink, que funciona 24 horas Divulgação/Hyundai

Posso conectar em qualquer HB20?

Somente as linhas 2022 do HB20, HB20S e HB20X poderão receber a tecnologia. Desse modo, ela estará disponível com opcional para as versões Evolution e Vision 1.6 por R$ 1.400. Agora, para as versões Sport e Diamond, a plataforma virá de série.

Futuramente, a previsão é que todos os modelos da Hyundai HMB passem a adotar o recurso. Embora não confirmem, é muito provável que a nova geração do Creta traga a conectividade de série em algumas versões.

Inscreva-se no canal do Jornal do Carro no YouTube

Veja vídeos de testes de carros e motos, lançamentos, panoramas, análises, entrevistas e o que acontece no mundo automotivo em outros países!

Inscrever-se

Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


OFERTA EXCLUSIVA

Hyundai Creta Prestige 2.0 AT