Você está lendo...
Lanterna quebrada, para-choque batido: pode rodar com carro avariado?
Legislação

Lanterna quebrada, para-choque batido: pode rodar com carro avariado?

Vai viajar? Então verifique itens importantes no seu carro; pneus, lanternas e até mesmo lataria danificada podem gerar problemas na estrada

Rodrigo Tavares, especial para o Jornal do Carro

09 de fev, 2024 · 4 minutos de leitura.

Publicidade

Veículo em mau estado de conservação pode acarretar problemas
Crédito:Arquivo/Reprodução

O carnaval já está rolando, e pegar a estrada para curtir o feriado é uma excelente ideia. Entretanto, se seu veículo não estiver em boas condições, isso pode ser um problema, e pode atrasar ou até acabar com a viagem. Pensando nisso, o Jornal do Carro foi atrás da resposta: é possível andar com alguns itens do carro em mau estado ou mesmo com avariado?

De maneira geral, depende. Alguns itens essenciais como pneus e lanternas precisam estar em boas condições, ou podem, além de aumentar as chances de ser parado numa blitz, causar sérios problemas à segurança. Muito além de uma multa, em alguns casos, a avaria pode resultar em fatalidades.



Carro com avarias ou má conservação pode resultar em problemas

Rodrigo Tavares/Especial para o Jornal do Carro
O conjunto ótico quebrado ou faltante configura como má conservação, e gera multa (Rodrigo Tavares/Especial para o Jornal do Carro)

Publicidade


Antes de tudo, é importante saber o que configura um veículo em mau estado de conservação. Características específicas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) definem um veículo com má conservação, e podem resultar em multa, no valor de R$ 195,23, bem como 5 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação). São eles:

  • Lataria danificada: sinais visíveis de corrosão; portas presas por arames ou mesmo um para-choque solto; 
  • Defeitos no interior do veículo: bancos soltos; ausência de cintos de segurança e volante com defeito;
  • Para-brisa: Trincas na área de visão do condutor e com mais de 10 cm de comprimento; máximo de dois danos e fratura circular de mais de 4 cm;
  • Pneus carecas: mesmo que o veículo em si esteja em ordem, de nada adianta se os pneus não estejam. Pneus com sulcos com menos de 1,6 mm de profundidade já podem render problemas em caso de blitz, por exemplo.

O veículo em mau estado de conservação também pode acabar retido pela autoridade de trânsito, e levado para um pátio credenciado do Detran do estado em questão. Por isso, é importante estar atento a esses fatores antes de pegar a estrada, e evitar dores de cabeça. Para ajudar na questão do que verificar antes de viajar neste carnaval, fizemos uma lista do que você deve conferir antes de sair, confira!

O Jornal do Carro também está no Instagram!


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se
Aceleramos o Defender 110 PHEV, que roda 51 km em modo elétrico

Deixe sua opinião