Você está lendo...
Novo Citroën C3 terá multimídia de 10 polegadas e câmbio automático
Lançamentos

Novo Citroën C3 terá multimídia de 10 polegadas e câmbio automático

Novo C3 chega entre janeiro e março de 2022 para encarar SUVs e também hatches; compacto da Citroën terá preço inicial próximo de R$ 70 mil

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

20 de dez, 2021 · 6 minutos de leitura.

Citroën C3 será produzido no Rio de Janeiro e chegará no primeiro semestre de 2022
Crédito:Citroën/Divulgação

Vários lançamentos vão agitar o mercado brasileiro em 2022. Um deles é a nova geração do Citroën C3. O hatch ressurgirá logo no início do ano que vem com estilo SUV e preços acessíveis. E, para esquentar a estreia, a marca do duplo chevron divulgou novas imagens do interior do modelo, que será feito em Porto Real, no sul do Rio de Janeiro.

A marca vai equipar o C3 com uma nova central multimídia com tela retangular de 10 polegadas. De acordo com a Citroën, o equipamento terá ampla conectividade para facilitar a vida dos usuários. Assim, entre os recursos, terá comando de voz e permitirá o espelhamento sem fio para smartphones por meio dos sistemas Android Auto e Apple CarPlay.

Divulgação/Citroën

Além da multimídia, o painel terá uma moldura colorida e visual descolado. Mas o principal intuito foi montar uma cabine ideal para a integração com celulares. Isso porque o novo C3 terá nichos estratégicos no console para fixar o aparelho, dois deles próximos das saídas de ar nas extremidades, e um na parte central. O modelo conta, ainda, com três entradas USB de carregamento rápido e uma tomada de 12V.

Câmbio automático de seis marchas

A Citroën ainda não anunciou que motores e versões o novo C3 terá no mercado brasileiro, mas uma coisa é certa: o mini SUV terá câmbio automático de seis marchas. A transmissão deverá vir com o motor 1.6 16V flex de 118 cv de potência do Peugeot 208. Entretanto, também são esperados o motor 1.0 Firefly de origem Fiat, com caixa manual.

Divulgação/Citroën

Lembrando que, nesse embalo, a chegada do compacto marcará a estreia da nova plataforma modular na fábrica de Porto Real, no Rio de Janeiro, onde será produzido. A arquitetura é uma versão mais simples da base CMP, usada por modelos europeus da Citroën e da Peugeot, como o novo 208, que vem ao Brasil importado da Argentina.



Lançamento

Com o estilo como um de seus trunfos, o novo Citroën C3 será o SUV de entrada da marca francesa, posicionado abaixo do C4 Cactus. Porém, desta vez, com uma ajudinha da Stellantis, pois vem brigar por volume no topo do ranking de vendas. Dessa forma, a produção nacional deverá ter início ainda em dezembro deste ano ou logo no início de janeiro. A estreia está confirmada para o primeiro trimestre de 2022.

Importante dizer que o novo C3 será um carro de entrada. Embora tenha essa grande tela e previsão de câmbio automático, além de faróis com LEDs, ele terá preço inicial na faixa de R$ 70 mil e vai concorrer até com hatches, como Chevrolet Onix e Hyundai HB20. O modelo terá 13 opções de cores para a carroceria, incluindo opções em cor única ou bicolor, com o teto pintado em cor diferente.


Novo Citroën C3
Citroën/Divulgação

Família Citroën C3

Tal como antecipado pelo Jornal do Carro em setembro, a Citroën vai lançar outros dois modelos na nova plataforma modular até 2024. Ou seja, o novo Citroën C3 é o primeiro de três carros que serão lançados por aqui. O projeto, chamado de C-Cubed, ainda terá um crossover, que deverá herdar o (conhecido) sobrenome Aircross, bem como um sedã.

Com o trio, a Citroën almeja brigar no topo das vendas na América Latina, globalizando a marca. O Brasil, assim como outros mercados emergentes, será um polo importante para o plano da montadora.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se