Emily Nery, para o Jornal do Carro

16/02/2021 - 5 minutos de leitura.

Novo Mercedes Classe C chega em breve e só terá versões eletrificadas

Nova geração do Classe C será apresentada nas carrocerias de sedã e perua. Cabine ganha destaque pela adoção da enorme central multimídia de 12,8 polegadas, como no Classe S

Teaser novo Classe C
Teaser novo Classe C Crédito: Divulgação/Mercedes
Carro

Vai comprar um 0km? Nós te ajudamos a escolher.

Para anunciar a data de estreia da nova geração do Classe C, a Mercedes divulgou na segunda-feira (15), uma imagem das versões sedã e perua, que serão apresentados no dia 23 de fevereiro. Na foto escurecida, dá para perceber algumas tímidas mudanças na dianteira do modelo. A nova linha deverá ter opções de trem de força eletrificados.

No vídeo, há dois Classe C de perfil: a versão perua está atrás, sobreposta pela sedã, na frente. É possível ver alguns poucos detalhes externos que irão mudar, como as lanternas, por exemplo. Mais finas e retas, elas são duplas e tomam toda a porção da tampa do porta-malas.

Novo Mercedes-Benz Classe C
Divulgação/Mercedes

O maior destaque, no entanto, está no interior. Totalmente repaginada, a cabine terá forte inspiração na do Classe S. Levemente inclinada, a central multimídia tem tela de 12,8 polegadas na vertical.

Assim, deverá trazer a segunda geração do sistema de entretenimento MBUX (Mercedes-Benz User Experience). Desse modo, o sedã será o segundo carro da Mercedes a utilizar o dispositivo atualizado.

Interior do Classe C é inspirado no Classe S
Central multimídia do Classe C é inspirado no Classe S

Similarmente grande, o painel de instrumentos com tela de 12,3 polegadas será do tipo “flutuante”, ou seja, simula estar “fora” do painel.

Várias opções de motorizações

Desta vez, nada de motores V6. O downsizing (redução de tamanho, em tradução livre) foca os quatro cilindros. Isto é, até na versão C63 AMG, que terá turbo e sistema híbrido. Assim, deverá ter mais de 500 cv e potência.

De acordo com a Car and Driver, todas as configurações, com exceção da esportiva, devem trazer o sistema híbrido leve EQ Boost de 48V. Dessa forma, o novo Classe C será mais eficiente emitir menos poluentes.

Todavia, a fabricante ainda estuda adicionar sistemas híbridos do tipo plug-in (podem ser recarregados em tomadas) em algumas variantes. Assim também, deverá haver uma variante elétrica da família EQ.

Novo Mercedes-Benz Classe C
Divulgação/Mercedes

Fim do câmbio manual

Outra mudança significativa é o fim da oferta de transmissão manual. Ou seja, todas as versões terão câmbio automático de nove marchas. Cabe salientar que a nova geração manterá a tração traseira, enquanto a C300 terá opção de 4×4.

Na Europa, a Mercedes oferecerá o Classe C com carrocerias sedã e perua. Para o Brasil, o modelo deverá vir da Alemanha em 2022. Ou, talvez, ainda no fim deste ano.

Novo Mercedes-Benz Classe C
Divulgação/Mercedes

Vale lembrar que a marca anunciou recentemente o fim da produção de automóveis na fábrica de Iracemápolis (SP). Por consequência, é esperado que, da nova geração, virá um número bem menor de variantes do Classe C.

Até 2020, a Mercedes oferecia no Brasil o C300 com carrocerias sedã, cupê e conversível. Por sua vez, o motor era o 2.0 de quatro cilindros de 258 cv.



Notícias relacionadas


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais