Mercado

SUV Toyota Yaris Cross pode chegar ao Brasil antes do previsto

Yaris Cross está cotado para ganhar produção na fábrica de Sorocaba a partir de 2023. SUV pode ter mecânica híbrida flex inédita na categoria

Emily Nery, Especial para o Jornal do Carro

09 de jul, 2021 · 6 minutos de leitura.

Toyota Yaris Cross
Toyota Yaris Cross
Crédito:Divulgação/Toyota

O sucesso instantâneo do SUV Corolla Cross nas vendas parece estar acelerando os planos da Toyota para fazer outro utilitário por aqui. A marca japonesa pretende inserir um outro SUV em sua gama, dessa vez, apostando em um utilitário compacto. O modelo em questão será o Yaris Cross, utilitário compacto baseado na nova geração europeia do hatch e que deve chegar no Brasil oferecendo motorização híbrida flex.

A aposta da montadora para concorrer Jeep Renegade, Volkswagen T-Cross e cia, promete iniciar a produção em 2023, facilitando até a vinda de uma nova geração do Yaris e do Yaris Sedan.

Apresentado no Japão em setembro do ano passado, o Yaris Cross foi pensando, inicialmente, para os mercados europeu e asiático. Mas, conforme a boa aceitação do Corolla Cross e da mecânica híbrida no Brasil, a Toyota estuda produzir o SUV compacto na fábrica de Sorocaba (SP) já em 2023, segundo fontes ligadas à montadora ouvidas pelo site Autoo.

Toyota Yaris Cross
Divulgação/Toyota

Dimensões parecidas com o T-Cross

Quando chegar ao Brasil, o crossover concorrerá com os SUVs compactos. Produzido na plataforma TNGA-B, uma versão encurtada na TNGA, o crossover tem 4,19 metros de comprimento, 1,76 m de largura, 2,56 m de entre-eixos e 1,59 m de altura. Em termos de comparação, ele possui o mesmo comprimento e largura do Volkswagen T-Cross, contudo, o SUV alemão tem entre-eixos maior (2,65 m) e é mais baixo (1,568 m).

Foco na economia de combustível

Sob o capô, o crossover traz uma importante adição para seu segmento: o sistema híbrido. No continente europeu, as versões de topo empregam o motor 1.5 aspirado de três cilindros a gasolina que trabalha junto a outro elétrico. Essa motorização é capaz de fazer o SUV gastar apenas 1 litro de gasolina ao rodar impressionantes 30,8 km. Além disso, em conjunto, os motores rendem 116 cv. Nas versões hibridas, a tração é integral.

Toyota Yaris Cross
Divulgação/Toyota

Já a opção 100% a combustão oferece um motor 1.5 a gasolina que gera até 120 cv e 14,7 mkgf de torque. Nesta configuração, a tração é dianteira com opcional de tração nas quatro rodas. Em ambas as motorizações, o câmbio é automático do tipo CVT.

Para o Brasil, ele promete empregar a mesma mecânica híbrida flex que equipa tanto o Corolla quanto o Corolla Cross.

E quanto ao preço?

Visto que a maioria dos SUVs compactos no Brasil custam a partir dos R$ 90 mil e R$ 100 mil, o Toyota Yaris Cross deverá se encaixar nessa faixa de preço. No Japão, por exemplo, ele custa entre 1.798.000 ienes e 2.819.000 ienes, ou seja, por volta de R$ 86,1 mil e R$ 135 mil na conversão direta. Sem a incidência de impostos, essa é a faixa de preço média em que os SUVs compactos se inserem no mercado hoje em dia.

Yaris deve ganhar uma nova geração

Além disso, a nacionalização do Yaris Cross facilitará a produção de uma nova geração do Yaris. O hatch e sedã são vendidos desde 2016 no Brasil e suas versões são defasadas em relação ao modelo vendido no exterior.



Continua depois do anúncio
Toyota Vios
Toyota Vios antecipa a reestilização do Yaris no Brasil Divulgação/Toyota

Entretanto, o Yaris daqui segue o visual do Vios, sua variante vendida no sudeste asiático. O modelo passou por um facelift de meia-vida no ano passado, adotando singelos retoques no visual. A reestilização já está registrada por aqui.

Dessa forma, as mudanças podem chegar em breve. Embora discreta, a plástica visual será importante, uma vez que o mercado brasileiro receberá nos próximos meses o arquirrival Honda City hatch, que promete acirrar a disputa entre os hatches premium.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se