Você está lendo...
SUV Toyota Yaris Cross pode chegar ao Brasil antes do previsto
Mercado

SUV Toyota Yaris Cross pode chegar ao Brasil antes do previsto

Yaris Cross está cotado para ganhar produção na fábrica de Sorocaba a partir de 2023. SUV pode ter mecânica híbrida flex inédita na categoria

Emily Nery, Especial para o Jornal do Carro

09 de jul, 2021 · 6 minutos de leitura.

Toyota Yaris Cross
Toyota Yaris Cross
Crédito:Divulgação/Toyota

O sucesso instantâneo do SUV Corolla Cross nas vendas parece estar acelerando os planos da Toyota para fazer outro utilitário por aqui. A marca japonesa pretende inserir um outro SUV em sua gama, dessa vez, apostando em um utilitário compacto. O modelo em questão será o Yaris Cross, utilitário compacto baseado na nova geração europeia do hatch e que deve chegar no Brasil oferecendo motorização híbrida flex.

A aposta da montadora para concorrer Jeep Renegade, Volkswagen T-Cross e cia, promete iniciar a produção em 2023, facilitando até a vinda de uma nova geração do Yaris e do Yaris Sedan.

Apresentado no Japão em setembro do ano passado, o Yaris Cross foi pensando, inicialmente, para os mercados europeu e asiático. Mas, conforme a boa aceitação do Corolla Cross e da mecânica híbrida no Brasil, a Toyota estuda produzir o SUV compacto na fábrica de Sorocaba (SP) já em 2023, segundo fontes ligadas à montadora ouvidas pelo site Autoo.


Toyota Yaris Cross
Divulgação/Toyota

Dimensões parecidas com o T-Cross

Quando chegar ao Brasil, o crossover concorrerá com os SUVs compactos. Produzido na plataforma TNGA-B, uma versão encurtada na TNGA, o crossover tem 4,19 metros de comprimento, 1,76 m de largura, 2,56 m de entre-eixos e 1,59 m de altura. Em termos de comparação, ele possui o mesmo comprimento e largura do Volkswagen T-Cross, contudo, o SUV alemão tem entre-eixos maior (2,65 m) e é mais baixo (1,568 m).

Foco na economia de combustível

Sob o capô, o crossover traz uma importante adição para seu segmento: o sistema híbrido. No continente europeu, as versões de topo empregam o motor 1.5 aspirado de três cilindros a gasolina que trabalha junto a outro elétrico. Essa motorização é capaz de fazer o SUV gastar apenas 1 litro de gasolina ao rodar impressionantes 30,8 km. Além disso, em conjunto, os motores rendem 116 cv. Nas versões hibridas, a tração é integral.


Toyota Yaris Cross
Divulgação/Toyota

Já a opção 100% a combustão oferece um motor 1.5 a gasolina que gera até 120 cv e 14,7 mkgf de torque. Nesta configuração, a tração é dianteira com opcional de tração nas quatro rodas. Em ambas as motorizações, o câmbio é automático do tipo CVT.

Para o Brasil, ele promete empregar a mesma mecânica híbrida flex que equipa tanto o Corolla quanto o Corolla Cross.


E quanto ao preço?

Visto que a maioria dos SUVs compactos no Brasil custam a partir dos R$ 90 mil e R$ 100 mil, o Toyota Yaris Cross deverá se encaixar nessa faixa de preço. No Japão, por exemplo, ele custa entre 1.798.000 ienes e 2.819.000 ienes, ou seja, por volta de R$ 86,1 mil e R$ 135 mil na conversão direta. Sem a incidência de impostos, essa é a faixa de preço média em que os SUVs compactos se inserem no mercado hoje em dia.

Yaris deve ganhar uma nova geração

Além disso, a nacionalização do Yaris Cross facilitará a produção de uma nova geração do Yaris. O hatch e sedã são vendidos desde 2016 no Brasil e suas versões são defasadas em relação ao modelo vendido no exterior.




Toyota Vios
Toyota Vios antecipa a reestilização do Yaris no Brasil Divulgação/Toyota

Entretanto, o Yaris daqui segue o visual do Vios, sua variante vendida no sudeste asiático. O modelo passou por um facelift de meia-vida no ano passado, adotando singelos retoques no visual. A reestilização já está registrada por aqui.

Dessa forma, as mudanças podem chegar em breve. Embora discreta, a plástica visual será importante, uma vez que o mercado brasileiro receberá nos próximos meses o arquirrival Honda City hatch, que promete acirrar a disputa entre os hatches premium.


O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se