Você está lendo...
Volkswagen produz primeiras unidades da nova Kombi na Alemanha
Mercado

Volkswagen produz primeiras unidades da nova Kombi na Alemanha

Chamada de ID.Buzz, Kombi elétrica esta em pré-produção e será lançada oficialmente em março; modelo pode ter uma versão autônoma em 2025

Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

24 de jan, 2022 · 7 minutos de leitura.

kombi
Modelo inspirado na Kombi pode chegar ao mercado com até 300 cv de potência
Crédito:Volkswagen/Reprodução

A Volkswagen divulgou imagens das primeiras unidades da nova geração da Kombi saindo da linha de montagem da fábrica de Hannover, na Alemanha. Tal como nas fotos divulgadas no fim de 2021, a van elétrica ainda aparece coberta com adesivos. Contudo, é possível ver que uma das unidades pré-série é do furgão, que não tem janelas na parte traseira. O modelo, baseado no conceito ID.Buzz, resgata o estilo original da clássica van da VW, mas com toques modernos e motor 100% elétrico.

O anúncio da pré-produção foi feito através de um vídeo teaser divulgado em todas as redes sociais da marca alemã. Além disso, também houve a confirmação de um evento com unidades camufladas, que acontecerá em Barcelona, no mês de fevereiro, para apresentar o veículo.


De acordo com a montadora, o lançamento mundial está previsto para 9 de março deste ano. E quem estiver ansioso pela nova Kombi pode se animar, pois há uma chance do modelo chegar ao Brasil.

Diferentes configurações

Como adiantado pelo Jornal do Carro, a nova geração inspirada na Kombi pode ter três variantes disponíveis. Mas, por ora, a marca vai focar em duas configurações, que devem chegar na Europa no segundo semestre de 2022. Assim, o modelo, feito sobre a plataforma MEB, terá tanto uma versão para transporte de passageiros quanto para o uso comercial (furgão).

Reprodução/Volkswagen

A VW vem fazendo bastante mistério em relação ao novo modelo. Por isso, não se tem confirmações de como será a Kombi. Nas imagens, é possível identificar novos faróis com linhas em LED. Um dos destaques, mesmo com a camuflagem, fica para o para-choque, que tem vazados em formato de losangos. Além disso, as rodas também aparecem com um design exclusivo. 

Por enquanto, ainda não há detalhes a respeito da motorização. Contudo, ao que parece, o ID.Buzz deverá ter configurações de tração traseira e integral. A potência deve ficar no intervalo de 170 a 300 cv, dependendo da versão.



Kombi autônoma?

Por fim, de acordo com as especulações, a van elétrica terá uma opção inédita prevista para 2025. Nessa, a nova Kombi aparece com um sistema de condução autônomo exclusivo. Até o momento, as informações são de que essa variante já está em produção nas duas fábricas da marca, na Alemanha e nos EUA.


Kombi
Reprodução/Volkswagen

Essa configuração tem sido especulada por conta da parceria da VW com a Argo, empresa de tecnologia que recentemente lançou uma nova versão de hardware e software para carros autônomos. Mais completo, o novo sistema traz uma série de equipamentos com inteligência artificial, incluindo câmeras que estarão presentes por todo o veículo.

Além da zero emissão do motor elétrico, outros componentes também condizem com o conceito sustentável. Os bancos, por exemplo, são feitos em materiais recicláveis, bem como os tapetes, painéis de portas e painel frontal.


Novo modelo eletrifcado

Ainda não temos mais notícias sobre a "Kombosa" elétrica e, nesse meio tempo, também aguardamos detalhes de outra novidade eletrificada. Em junho de 2021, a Volkswagen revelou os primeiros detalhes e imagens da sétima geração da Multivan T7. O utilitário resgata elementos das primeiras gerações da famosa Kombi, como a pintura conhecida como ''saia e blusa'', ou seja, em dois tons diferentes.

Volkswagen Kombi T7
Volkswagen/Divulgação

Disponível em três versões de acabamento e com três fileiras de assentos, sendo a do meio giratória em 180°, o modelo tem opções de motor a gasolina e a diesel, bem como opção híbrida plug-in eHybrid, que pode ser recarregada em tomadas. Esta tem modo puramente elétrico com autonomia para rodar até 50 km usando apenas eletricidade.


A VW T7, por sinal, é a versão mais potente da nova geração. Ela combina o motor 1.4 TSI turbo a gasolina de 150 cv e outro elétrico. Assim, geram potência combinada de 218 cv de potência. Além deste conjunto, a T7 Multivan oferecerá versões 1.5 turbo a gasolina de 137 cv, e 2.0 TSI turbo de 201 cv (o mesmo do Polo GTI), além de uma versão a diesel com 150 cv.

O Jornal do Carro está no Youtube

Inscreva-se