Primeira Classe Rafaela Borges

Famílias reais do mundo do automóvel

Ford, Porsche, Agnelli. Saiba quem são as dinastias que controlam o negócio do automóvel

Bill Ford automóvel
Bill Ford Foto: Jonathan Ernst/Reuters

As monarquias são formadas por dinastias. No mundo do automóvel, as coisas não são diferentes: a maioria das montadoras, dos EUA à Ásia, foi batizada com os nomes de suas famílias fundadoras.

Algumas dessas famílias permanecem no comando dessas montadoras até hoje. Um caso emblemático nos Estados Unidos é a Ford. Na Europa, a Porsche.

As duas empresas se enquadram nos dois casos: têm o nome de suas famílias fundadoras, e elas ainda estão no comando.

Listamos (e contamos um pouquinho da história) as principais dinastias do mundo do automóvel. Mas, como a lista é extensa, talvez seja preciso fazer uma segunda reportagem. Ou terceira. Quem sabe uma série?

 

Veja também: Conheça o Bugatti de R$ 70 milhões

 

Porsche e a história do automóvel

O austríaco Ferdinand Porsche trabalhava na Daimler-Benz, dona da marca Mercedes-Benz. Queria construir um automóvel pequeno e de baixo peso, mas a diretoria da empresa vetou o projeto.

Em 1931, já fora da Daimler, junto com o filho Ferry, fundou a Porsche, inicialmente como uma empresa de consultoria.

Um dos projetos da Porsche foi desenvolvido a pedido de Adolf Hitler. Trata-se do Fusca, um dos produtos mais emblemáticos da história do automóvel.

Ferdinand Alexander Porsche, designer do 911 (Foto: Porsche/Divulgação)

Como fabricante de automóveis, a Porsche surgiu em 1948, com a fabricação do 356. A família até hoje controla a montadora, que é grande acionista da Volkswagen.

O presidente do conselho é Wolfgang Porsche, filho de Ferry. Ele é também irmão de Ferdinand Alexander Porsche, já falecido e designer do emblemático 911.

Já o primo de Wolfgang, Ferdinand Piech, foi presidente executivo e integrante do conselho da Volkswagen (leia mais aqui).

Agnelli

A Fiat não carrega o nome da família mais importante de sua história, os Agnelli. O nome da montadora é uma sigla para Fábrica Italiana de Automóveis de Turim, sua sede.

Os Agnelli, no entanto, estão à frente da Fiat desde os primórdios até hoje em dia.

John Elkann, bisneto de Giovanni Agnelli

 

A Fiat foi fundada por Giovanni Agnelli, junto com um grupo de empresários. Hoje, faz parte do conglomerado ítalo-americano FCA, que inclui Alfa Romeo e a Chrysler.

O atual presidente do conselho da FCA é o tataraneto de Giovanni, John Elkann. Toda a história dos Agnelli você pode conferir aqui.

Ford

Outro dia eu estava assistindo à série “The Romanoffs”, no streaming “Prime”, da Amazon. Uma suposta descendente da família real russa (interpretada por Diane Lane) surpreendeu uma amiga ao contar sobre suas origens.

“Mas seu sobrenome é Ford”, disse a interlocutora. “É porque queríamos nos desvencilhar dos russos, e Ford é o nome mais tipicamente americano de todos”, explicou a personagem de Lane.

 

Vídeo: Teste do Volkswagen T-Cross 1.0 turbo (200 TSI)


Ford é sim o sobrenome mais comum dos Estados Unidos. Ou, ao menos, o mais famoso. No segundo caso, o responsável é Henry Ford, o criador do processo de linha de montagem e um dos responsáveis pela explosão industrial nos Estados Unidos.

Henry fundou a companhia que leva seu nome e, até hoje, é controlada por integrantes de sua família: a Ford. O atual presidente do conselho da montadora (assumiu o posto em 1999) é William Clay Ford Jr., o Bill Ford.

 

LEIA TAMBÉM

 

Além desse posto, ele já ocupou o de CEO (até 2006). Bill é tataraneto de Henry Ford.

No próximo capítulo, vou contar a história de mais três famílias que criaram dinastias no mundo do automóvel. Até lá!!

 

Veja também: Os carros mais vendidos em março


Ofertas 0KM

Mais ofertas

Mais ofertas exclusivas

Veja todas as condições especiais


Mais artigos