Primeira Classe

As melhores alfinetadas das montadoras nas rivais

Pôneis malditos, carro de tiozão, Audi em Maranello: montadoras usam criatividade em propagandas

Rafaela Borges

23 de mai, 2019 · 5 minutos de leitura.

Audi R8 provocações montadoras" >
R8 dá um passeio na cidade da Ferrari
Crédito: Audi/Divulgação

A provocação que também pode ser encarada como homenagem feita pela BMW à aposentadoria do CEO da Mercedes, Dieter Zetsche, nos fez lembrar de outras brincadeiras de montadoras em propagandas. Especialmente entre as marcas alemãs, parece haver uma cultura de alfinetar as rivais.

Porém, essas provocações de montadoras em relação a concorrentes já ocorreram até no Brasil. E, nesse quesito, a Nissan foi mestre, como você verá abaixo.

Antes disso, vamos relembrar as alfinetadas das montadoras alemãs, que são altamente sofisticadas?

 

Veja também: Os carros de luxo mais vendidos em abril

 

Montadoras alemãs

Uma propaganda extremamente criativa, em minha opinião, é da antiga geração do R8. Para promover o lançamento da versão V10 da antiga geração, a Audi fez uma visita à Maranello, na Itália.

A cidade é a sede da Ferrari, a montadora que é o ícone quando o assunto é superesportivo. No vídeo, as reações dos atores que representam italianos são hilárias. Há quem esconda o rosto de uma criança.

Outros gesticulam, irados, no maior estilo italiano. Detalhe: o R8, além de ser vermelho (cor que acabou ficando associada à Ferrari), usa base da Lamborghini, arquirrival da marca do cavalo. Veja o vídeo abaixo.

 

Outra campanha descontraída da Audi explorou uma fama mundial e antiga da Mercedes: a de atrair apenas clientes mais velhos e conservadores. Aliás, as montadoras rivais da “dona Merça” gostam muito de bater nessa tecla, porque é este o tom que a BMW dá à campanha em homenagem a Zetsche (que foi divulgada ontem).

Voltando à Audi, em um vídeo de promoção do A8, a montadora mostra clientes da Mercedes em uma prisão que parece ser exclusiva para ricos e idosos. Eles ficam “malucos” ao som do saxofonista Kenny G. Veja o vídeo abaixo. Vale à pena.

 

E, sobre a homenagem a Zetsche, vale explicar que o chefão da Mercedes sempre teve fama de “descolado”. Assim como os carros da BMW. Confira o vídeo e os detalhes sobre a campanha.

Pôneis malditos

A campanha dos “Pôneis malditos”, com a musiquinha que gruda na cabeça, marcou época na propaganda do Brasil. Era o comercial da Nissan Frontier.

Nele, a Nissan atacava as montadoras rivais, e a Toyota em particular – dava para ver os traços da Hilux nos vídeos, nos quais a montadora afirmava que a rival da Frontier não tinha cavalos (abreviatura de cavalo motor, unidade de medida de potência), e sim pôneis.

 

Já o “Não tem cara de tiozão” era o lema da campanha do Sentra. Ali, não havia provocação a nenhum carro em especial, mas ao segmento de sedãs médios (rivais do Nissan) em geral. Veja o vídeo abaixo.

 

 

Newsletter Jornal do Carro

Receba atualizações, reviews e notícias do diretamente no seu e-mail.